Quarta, 22 Setembro 2021

Consulta ao 3º lote da restituição do IR 2021 já está disponível

EconomiaIR

Consulta ao 3º lote da restituição do IR 2021 já está disponível

 De acordo com o órgão, o crédito para 5,068 milhões de contribuintes que vão receber a valor no terceiro lote de pagamento da restituição será feito no dia 30 de junho. O valor a ser depositado para esse grupo é de R$ 5,8 bilhões

A Receita informa que o lote também contemplou 4,9 milhões de contribuintes que entregaram a declaração do IR até o dia 18 de maio deste ano ( Foto: Agência Brasil)

A Receita Federal liberou nesta sexta-feira (23) a consulta ao terceiro lote da restituição do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) 2021. Também é possível verificar a existência de restituições residuais de exercícios anteriores.

De acordo com o órgão, o crédito para 5,068 milhões de contribuintes que vão receber a valor no terceiro lote de pagamento da restituição será feito no dia 30 de junho. O valor a ser depositado para esse grupo é de R$ 5,8 bilhões.

Do total a ser pago, R$ 324,3 milhões são para os contribuintes que possuem alguma prioridade legal, sendo 13.985 pessoas com mais de 80 anos, 95,2 mil com idade entre 60 e 79 anos, 8.957 contribuintes com alguma deficiência física, mental ou doença grave e 36,6 mil indivíduos cuja maior fonte de renda declarada seja o magistério.

A Receita informa que o lote também contemplou 4,9 milhões de contribuintes que entregaram a declaração do IR até o dia 18 de maio deste ano.

Para verificar se o CPF consta na lista de contribuintes que receberão a restituição no terceiro lote, é necessário acessar o site oficial da Receita Federal e, em seguida, selecionar a opção "Meu Imposto de Renda".

Nessa área, o cidadão deve clicar em "Consultar Restituição". O próximo passo é clicar no botão "Iniciar", do lado direito da tela. Em seguida, é preciso informar o CPF, a data de nascimento e escolher o ano do exercício que deseja consultar, além de copiar os caracteres informados no campo de verificação. Feito isso, clique em "Consultar".

Na página seguinte, o contribuinte já será informado se irá receber a restituição neste lote ou se ainda está na fila de pagamento.

Também é possível fazer a consulta por meio do aplicativo da Receita Federal, disponível gratuitamente para celulares e tablets.

Segundo a Receita, por meio da plataforma e-CAC, o contribuinte consegue fazer uma consulta mais detalhada sobre a declaração. A ferramenta mostra se há alguma pendência no documento enviado. Caso haja, o contribuinte pode fazer as alterações necessárias, evitando cair na malha fina.

De acordo com a Receita Federal, o pagamento da restituição é feito na conta bancária que foi informada pelo contribuinte no momento do envio da declaração.

Se houver algum problema que impeça o depósito (como, por exemplo, no caso de a conta ter sido desativada), o crédito ficará disponível por um ano para retirada no Banco do Brasil.

Para pegar a grana, deve ser feito um agendamento pelo site do BB ou dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-7290001 (demais localidades) e 0800-7290088 (linha especial exclusiva para deficientes auditivos).

Passado esse período, se o dinheiro não for retirado, o contribuinte deve solicitar a grana pelo portal e-CAC. Ao entrar no site, é preciso acessar o menu "Declarações e Demonstrativos > Meu Imposto de Renda". Em seguida, clique em "Solicitar restituição não resgatada na rede bancária". 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 22 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/