Domingo, 23 Janeiro 2022

Ambientalista Henrique Padovani é enterrado em Paulínia

Ambientalista Henrique Padovani é enterrado em Paulínia

O ambientalista Henrique Padovani, 74, morreu na noite deste domingo, no Hospital Samaritano, em Campinas, em decorrência de um AVC (acidente vascular
O ambientalista Henrique Padovani, 74, morreu na noite deste domingo, no Hospital Samaritano, em Campinas, em decorrência de um AVC (acidente vascular cerebral). A morte foi confirmada às 22h15.

Segundo informação da família, Padovani sofreu o AVC na sexta-feira (18)  e estava internado, desde então, na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Samaritano, mas não resistiu.

Sua morte foi lamentada pelos amigos e por vários jornalistas, já que Padovani era um militante em defesa da natureza, sempre em busca de irregularidades que prejudicassem o meio ambiente na região e fonte sobre esses temas para os principais veículos da região.

Ele ficou conhecido pelo liderar mutirões de limpeza no Rio Atibaia, denunciando poluição, mortandades de peixes e ganhando destaque no cenário regional e estadual.

Padovani era de Americana e nasceu em 15 de julho de 1944. Há muitos anos era morador de Paulínia, onde foi secretário municipal de Meio Ambiente em 2001, no governo de Edson Moura (PMDB), e diretor da pasta em 2014, já na gestão do prefeito Edson Moura Júnior (PMDB).

Na política, o ambientalista se candidatou a prefeito de Paulínia pelo PV nas eleições municipais de 2004 e disputou uma vaga na Câmara Federal nas eleições gerais de 2010 pelo PSOL.

Padovani foi enterrado nesta segunda-feira, no Cemitério Municipal de Paulínia. Ele deixa três filhas, cinco netos e dois bisnetos.

 
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 23 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/