Sábado, 25 Junho 2022

Americana registra mais um óbito por Covid-19 e chega a 536 mortes

Americana registra mais um óbito por Covid-19 e chega a 536 mortes

Americana registrou mais uma morte em decorrência da covid-19 na cidade. De acordo com a administração municipal,  uma mulher de 84 anos, moradora do
Americana registrou mais uma morte em decorrência da covid-19 na cidade. De acordo com a administração municipal,  uma mulher de 84 anos, moradora do bairro Vila Amorim, sem informações de doenças preexistentes, que estava internada no Hospital Municipal e faleceu no dia 14 de maio. Com mais uma morte registrada, a cidade chega 536 óbitos.

O município também teve confirmados 142 novos casos, sendo 94 após realização de Testes Rápidos, estando todos em isolamento domiciliar e um já se recuperou; e 48 após exames PCR, dos quais 13 estão em isolamento domiciliar, 32 já se recuperaram, dois estão internados, além do óbito registrado.
De acordo com a prefeitura, há outros 36 novos casos suspeitos em investigação.

Quadro geral
O quadro geral da Covid-19 em Americana é o seguinte: 17.686 casos positivos, sendo 28 internados, 536 óbitos, 700 em isolamento domiciliar, 16.422 recuperados e 116 casos suspeitos aguardando resultados de exames. Além disso, o município contabiliza agora 31.359 casos que eram considerados suspeitos, mas que já foram descartados pelo resultado de exame negativo.


A taxa geral de ocupação de leitos para Covid-19 no município é de 91% de leitos com respiradores (de 80 no total, 73 estão ocupados) e de 82% de leitos sem respiradores (de 72 no total, 59 estão ocupados).

A quantidade de leitos disponíveis para UTI e enfermaria está oscilando dia a dia, conforme o remanejamento de leitos contingenciais de cada unidade hospitalar. Isto para que seja possível atender a demanda de pacientes, conforme a necessidade da assistência, tanto para Covid-19 como para outras urgências, emergências e agravos.

No Hospital Municipal a taxa de ocupação é a seguinte: 73% com respiradores (de 26 no total, 19 ocupados) e 90% sem respiradores (de 30 no total, 27 ocupados). No Hospital São Lucas, a taxa de ocupação de leitos é de 100% com respiradores (de 15 no total, 15 ocupados) e 81% sem respiradores (de 16 no total, 13 ocupados); no Hospital São Francisco a taxa é de 100% de leitos com respiradores (de 15 no total, 15 ocupados) e de 64% sem respiradores (de 14 no total, 9 ocupados) e no Hospital Unimed a taxa é de 100% de leitos com respiradores (de 24 no total, 24 ocupados) e de 83% de leitos sem respiradores (de 12 no total, 10 ocupados).

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/