Sexta, 20 Mai 2022

Aumenta número de famílias que vivem no Zincão em Americana

AmericanaComunidade

Aumenta número de famílias que vivem no Zincão em Americana

Quantidade saltou de 168 para 189 famílias de março de 2020 a novembro do ano passado

147 famílias já foram entrevistadas pelas equipes da prefeitura, das quais a maioria informou que se instalou na ocupação por conta de dificuldades econômicas (Foto: Reprodução)

O número de famílias vivendo na comunidade do Zincão, na região do Parque da Liberdade, em Americana, aumentou 12,5% durante a pandemia de Covid-19, conforme dados da secretaria municipal de Habitação. A informação foi obtida pela vereadora Professora Juliana (PT) em resposta ao requerimento 1.029/2021, que solicitou informações sobre a situação da ocupação de moradia.

De acordo com a resposta, em março de 2020, quando a pandemia da Covid-19 começou, 168 famílias viviam no local. No último levantamento de dados realizado pela prefeitura, em novembro de 2021, foram contabilizadas 189 famílias.

Desse total, 147 famílias já foram entrevistadas pelas equipes da prefeitura, das quais a maioria informou que se instalou na ocupação por conta de dificuldades econômicas. Conforme os dados, 27 relataram ter origem em Santa Bárbara d'Oeste e 16 informaram ser de outras cidades.

Na resposta, a secretaria de Habitação diz que o período da pandemia "impediu avanços nos levantamentos e triagens das famílias", mas diz que "há extrema preocupação por parte da prefeitura no sentido de minimizar as condições precárias" enfrentadas pelas famílias.

Ainda na resposta do requerimento, a Habitação disse que "está trabalhando em conjunto com outras secretarias para, juntas, encontrarem a melhor solução para aquelas famílias''.

"A pandemia gerou uma crise econômica muito grave. Muita gente perdeu o emprego e, sem o devido auxílio, ficou sem condições de pagar o aluguel e as contas da casa. E o aumento no número de famílias no Zincão é um indicativo disso. Esperamos que as tratativas avancem no sentido de garantir direitos básicos urgentemente e moradia digna a essas famílias", avaliou a
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 20 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/