Quinta, 27 Janeiro 2022

Consórcio de Saúde inicia oferta de consultas e exames no dia 11

AmericanaSaúde Pública

Consórcio de Saúde inicia oferta de consultas e exames no dia 11

Alternativa adotada pela Prefeitura de Americana para reduzir filas por atendimento médico na rede pública, que superam 31 mil pessoas, Cismetro vai começar operação com dermatologia, neurologia e ultrassom

Inicialmente está sendo oferecido consultas com dermatologista e neurologista, além de exames de ultrassonografia (Foto: Arquivo/ TodoDia Imagem)

Alternativa adotada pela prefeitura para tentar desafogar o sistema público de saúde de Americana, o Cismetro (Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Metropolitana de Campinas) começa a atuar na cidade a partir do próximo dia 11 de outubro.
Inicialmente, o consórcio será responsável por oferecer consultas com dermatologista e neurologista, além de exames de ultrassonografia, que são serviços com maior demanda atualmente. O contrato da prefeitura com o consórcio terá vigência iniciada no dia 9 (sábado).

Até o início de setembro, o número de pacientes da rede pública aguardando por atendimento neurológico era o maior entre aqueles que esperavam por avaliação médica, ultrapassando 3,8 mil agendamentos.

Já a fila para consultas neurológicas contava com aproximadamente 3,1 mil pacientes.

Atualmente, Americana possui mais de 31,2 mil pessoas esperando para serem atendidas por um especialista.

Entre os quase 7,9 mil exames pendentes, cerca de 1,5 mil são de ultrassonografia.

REDE MUNICIPAL
Segundo a Secretaria de Saúde, as consultas ocorrerão inicialmente no Núcleo de Especialidades, na Vila Cordenonsi, enquanto os exames serão realizados nas próprias clínicas de prestadores credenciados pelo Cismetro.

A expectativa é de que, em longo prazo, todos os serviços sejam realizados em estabelecimentos de saúde da rede municipal, que conta com 16 UBS (Unidades Básicas de Saúde), além do Núcleo de Especialidades e do Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi.

O CONSÓRCIO
A adesão de Americana ao Consórcio Intermunicipal foi oficializada no último dia 28 de agosto, depois que a Câmara aprovou lei do Executivo.

Além de Americana, o Cismetro atualmente opera em outras 17 cidades do interior paulista (como Cosmópolis, Limeira, Monte Mor, Paulínia,entre outras). Nova Odessa estuda a adesão ao sistema.

Para fazer parte do grupo, a Prefeitura de Americana vai pagar R$ 10,6 mil por mês, além do valor de cada serviço oferecido à população, de acordo com uma tabela comum às cidades consorciadas.

Uma consulta, por exemplo, custaria R$ 40 ao município, de acordo com a tabela vigente.
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 27 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/