Sexta, 19 Agosto 2022

Estudo coloca Americana como a sétima melhor cidade do Brasil

AmericanaRANKING

Estudo coloca Americana como a sétima melhor cidade do Brasil

 Publicação analisou indicadores econômicos e sociais

O estudo foi elaborado pela Austin Rating em parceria com a Editora Três (Foto: Arquivo TodoDia Imagem)

Americana foi considerada a sétima melhor cidade do Brasil em levantamento realizado pela Austin Rating, em parceria com a Editora Três. A revista ISTOÉ publicou o resultado com a lista das 50 cidades que tiveram as melhores colocações entre os 5.565 municípios brasileiros analisados. Americana ainda ficou na primeira colocação dentro do Estado de São Paulo

O ranking das Melhores Cidades do Brasil avaliou os municípios em categorias de acordo com seu tamanho, divididos em grande, médio e pequeno porte. Americana está em sétimo lugar no top 50 na categoria geral e em sexto entre as cidades de grande porte. O objetivo da parceria entre a Revista ISTOÉ e a Editora Três foi analisar, classificar e mapear o nível de desenvolvimento socioeconômico nos municípios brasileiros.

"Para atingir tal objetivo, a Austin Rating desenvolveu o Índice de Inclusão Social e Digital (IISD), que analisa 281 indicadores relacionados às áreas social, econômica, fiscal e digital e permite hierarquizar as cidades com foco na igualdade das oportunidades entre seus habitantes", diz a publicação da revista.

Na classificação das 50 melhores cidades brasileiras no geral, Americana fica atrás somente de Joinville (primeiro lugar); Jaraguá do Sul (segundo lugar); Blumenau (terceiro lugar); Maringá (quatro lugar); Florianópolis (quinto lugar); e Curitiba (sexto lugar).

Nas redes sociais, o prefeito Chico Sardelli (PV) comemorou a classificação. Para Chico, o estudo mostra que a cidade "está no caminho certo". "Odir (vice-prefeito) e eu ficamos muito contentes em receber essa notícia, que comprova que estamos no caminho certo na construção de uma cidade mais humana e inteligente", publicou. O prefeito ainda atribuiu a conquista à equipe de servidores públicos e disse que quer mais desenvolvimento para a cidade.

De acordo com a ISTOÉ, as informações dos 281 indicadores para os 5.565 municípios foram extraídas de fontes primárias públicas, como Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Secretaria do Tesouro Nacional (STN), Datasus, Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), entre outras.

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/