Sexta, 19 Agosto 2022

Homens viram réus pelo assassinato de personal trainer americanense

Americanahomicídio

Homens viram réus pelo assassinato de personal trainer americanense

Dupla está foragida desde a data do homicídio, em novembro do ano passado

O homicídio ocorreu por motivos passionais (Foto: Reprodução)
Dois homens acusados pelo assassinato do personal trainer americanense Rodolfo Pestana, de 30 anos, viraram réus do caso após denúncia feita pelo Ministério Público Estadual, em Nova Odessa. Ambos estão foragidos e já tiveram, em fevereiro, prisão preventiva decretada pelo Judiciário, que aceitou ontem a denúncia da Promotoria pedindo a condenação dos suspeitos.


A Justiça já decretou a prisão de José Flávio Salvato, de 42 anos, que é de Americana, e Cleiton Henrique Scavassini, 34, de Campinas, pelo assassinato do personal, no dia 15 de novembro do ano passado.

Eles estão foragidos desde a data do homicídio. Mandados de prisão contra a dupla foram expedidos no início de fevereiro.

Conforme a polícia, Cleiton tem passagens por roubo e tráfico e saiu da prisão no dia 12 de novembro, cerca de 72 horas antes do assassinato de Rodolfo.

O homicídio ocorreu por motivos passionais. Isso porque Cleiton teria ciúmes da amizade de Rodolfo com uma ex-companheira.

Por meio de imagens de câmeras de monitoramento, a polícia apurou que Rodolfo foi a um bar localizado no bairro Cidade Jardim às vésperas de ser morto e teria conversado com Cleiton. Rodolfo chegou a embarcar no carro com Cleiton, Flavio e um rapaz de 26 anos, preso no final do ano passado, mas que acabou solto após a polícia considerar que ele não havia participado do crime.

Rodolfo foi "traído" por um dos suspeitos que se dizia seu "amigo". Segundo a Polícia Civil de Nova Odessa, um dos indivíduos que se passava por amigo, teria atraído Rodolfo para um bar e posteriormente "para dentro do veículo que o conduziu para a morte", segundo a investigação.

Rodolfo era morador de Americana e foi encontrado morto em uma estrada rural que faz divisa entre Nova Odessa, Sumaré e Santa Bárbara d'Oeste. O rapaz foi morto por asfixia. Ele foi encontrado caído ao chão por um ciclista com um cadarço no pescoço, por volta das 6h40, na Estrada Municipal Olindo Biondo. 

A reportagem não conseguiu contato com as defesas dos suspeitos.

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/