Quinta, 19 Mai 2022

Janeiro recorde: uma pessoa pega Covid a cada 8 minutos em Americana

AmericanaCovid-19

Janeiro recorde: uma pessoa pega Covid a cada 8 minutos em Americana

Cidade já registra 4.904 infectados, maior salto em um só mês; número de mortes é um dos mais baixos: 14  

Covid-19 | Janeiro, com 4.904 casos confirmados, é mês de recorde em Americana (Foto: Arquivo/ TodoDia Imagem)

O mês de janeiro ainda não terminou, mas já detém o recorde no número de casos positivos de Covid-19 desde o início da pandemia em Americana. Conforme balanço da Secretaria de Saúde, obtido pelo TODODIA nesta quinta-feira (27), a cidade já registrou em 26 dias de 2022 um total de 4.904 casos positivos da doença – de longe o mês com maior número de contaminações confirmadas desde março de 2020, quando a crise sanitária começou.

Até então, o mês recordista em número de casos na cidade era junho de 2021, no pico da chamada "segunda onda", com 4.135 pacientes infectados.

Em comparação com janeiro do ano passado, o primeiro mês de 2022 já tem 263,7% mais casos confirmados.

Foram 1.348 em janeiro de 2021, contra os quase 5 mil já confirmados nesses 26 dias de 2022.

Até ontem, o número total de casos na cidade era de 32.207 desde o início da pandemia.

MORTES
Por outro lado, o número de vítimas fatais da doença na cidade é um dos menores de toda a pandemia para um único mês.

Enquanto em janeiro de 2021 Americana registrou 34 falecimentos pela Covid-19, nestes 27 primeiros dias de 2022 o número de mortes está em 14 no mês - o que comprova, segundo os especialistas, a eficácia da vacinação contra a doença.

Até agora, o mês de junho de 2021 foi o de maior número de mortes pela Covid em Americana, com 134 vítimas fatais, de acordo com os dados oficiais da prefeitura. Ao todo, desde o início da pandemia, a cidade contabiliza 872 mortes pela doença.

Na vacinação, a cidade se aproxima das 450 mil doses de imunizantes aplicadas na população. Conforme balanço divulgao ontem, 449.195 doses foram aplicadas, o que significa que 92,28% da população acima de 12 anos recebeu ao menos uma dose, e que 88,12% acima dos 12 anos estão com a imunização completa, ou seja, com duas doses ou dose única. Outros 32,96% já tomaram a dose adicional.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 19 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/