Sábado, 13 Agosto 2022

Julgamento de guarda acusado de tentativa de feminicídio é marcado em Americana

Americanacrime

Julgamento de guarda acusado de tentativa de feminicídio é marcado em Americana

Homem vai a Júri Popular em setembro 

(Foto: Reprodução)

A Justiça marcou a data para julgamento, através de Júri Popular, do caso do guarda municipal acusado de agredir sua ex-esposa com um canivete na região da Praia Azul, em Americana. O episódio aconteceu em março deste ano e o guarda foi suspenso da Gama (Guarda Municipal de Americana) em abril. O julgamento acontece no dia 15 de setembro, às 10h, na Comarca do município.

O guarda, acusado de tentativa de feminicídio, teria jogado seu carro contra o veículo em que a vítima e a irmã estavam. Quando a ex-esposa saiu do carro, ele teria a agredido com um canivete. Um vídeo mostra populares que atacaram o homem a pauladas, a fim de defender a vítima.

O advogado Henrique Zigart Pereira, que representa a vítima, diz que espera que os jurados condenem o guarda de acordo com a gravidade do caso. "Embora indeferido o pedido de prisão domiciliar solicitado, a vítima permanece com medo de sua liberdade. Assim, lutaremos até o final pela justiça do caso e para que a sociedade repudie toda e qualquer violência contra a mulher", disse.

Em audiência realizada em maio, o homem alegou que estava transtornado pela separação e pela medida protetiva existente, segundo informações do advogado da vítima.

Atualmente, o guarda está preso.

Na primeira audiência, o Ministério Público considerou duas qualificações de crime: a de feminicídio e de emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima. Com isso, a denúncia foi agravada.

Testemunhas do episódio relataram à polícia que o guarda discutiu com a vítima, sua ex-esposa, e a agrediu com golpes de canivete pelo corpo. De acordo com a Gama, o patrulheiro já era investigado pela Corregedoria devido a um possível envolvimento em caso de violência doméstica.

O TODODIA entrou em contato com o advogado do guarda, mas não recebeu retorno até esta publicação.

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/