Quarta, 01 Dezembro 2021

Padre Itamar é sepultado em Americana

AmericanaLuto na Igreja

Padre Itamar é sepultado em Americana

Ele morreu durante a madrugada, de complicações da Covid-19, na UTI do Hospital da Unimed, em Americana 

Adeus | Padre Itamar foi velado em Nova Odessa ontem (Foto: Paróquia São Jorge / Facebook)
Foi sepultado na tarde desta terça-feira (31), no Cemitério da Saudade, em Americana, o corpo do padre Itamar Gonçalves, 74, da Paróquia São Jorge, de Nova Odessa. Ele morreu durante a madrugada, de complicações da Covid-19, na UTI do Hospital da Unimed, em Americana, onde estava internado desde o último dia 14, após testar positivo para o novo coronavírus.

Antes de assumir a Paróquia São Jorge, em 2011, Padre Itamar esteve à frente da Paróquia São Domingos, em Americana, por 27 anos.

Em 1987, o pároco fundou a creche São Domingos, na parte de baixo da igreja, com a ajuda do atual presidente da entidade, Paulo Zanini.

A creche que começou atendendo a cerca de dez crianças hoje recebe 327.

Para Zanini, o padre, sempre será lembrado pelo legado deixado na área de assistência e como arrebanhador de pessoas. "Ele era um grande líder. Aprendi com ele a tocar uma obra. Participei do grupo de casais, em que ele nos orientava espiritualmente, além de ter nele um grande amigo", comenta.

Ele relembra que em determinada ocasião, Itamar conseguiu reunir mais de mil voluntários para colaborar com a festa de São Domingos, evento tradicional da paróquia. "Era muita gente querendo ajudar. Ele era um aglutinador de pessoas. Muito próximo de todos", completa.

A intenção do presidente da creche é homenagear Itamar na sede da entidade. "Já temos uma placa indicando que ele como fundador, mas já conversei com os funcionários para colocarmos uma foto. Acredito que não conhecerei em vida uma pessoa tão grandiosa".

A assessora de eventos Valéria Nascimento conhecia o padre há 35 anos e programou uma viagem com o pároco em comemoração aos 42 anos de sacerdócio, que seriam completados no próximo dia 18 de dezembro. "Era meu pai espiritual. Batizou as minhas filhas e sempre que precisávamos de qualquer orientação ele não media esforços para ajudar" afirma.

Frequentadora da paróquia desde 1969, a dona de casa Gleide Moura da Rocha diz que sempre se lembrará do padre como um diretor espiritual. "Ele é referência. Uma pessoa de uma simplicidade que cativava. Falava da religião católica sem desrespeitar as outras religiões", comenta.

Nas redes sociais, muitas pessoas manifestaram pesar pela morte do religioso.

Além de Americana e Nova Odessa, Itamar também atuou em Cosmópolis.

Antes do sepultamento, uma missa foi conduzida pelo bispo da Diocese de Limeira, José Roberto Fortes Palau.

O padre completaria 75 anos no dia 17 de novembro. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 01 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/