Sábado, 25 Junho 2022

Dalben assume na Alesp como primeiro deputado da história de Sumaré

Dalben assume na Alesp como primeiro deputado da história de Sumaré

Dirceu Dalben (PR) assumiu ontem à tarde sua cadeira na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) para cumprir o mandato de deputado estadual.Com os
Dirceu Dalben (PR) assumiu ontem à tarde sua cadeira na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) para cumprir o mandato de deputado estadual.

Com os 79.564 votos recebidos na eleição de 2018, Dalben é o primeiro deputado na história eleito pelo município de Sumaré, onde foi prefeito por oito anos (1997-2004) e exercia até anteontem seu terceiro mandato como vereador.

O parlamentar foi empossado à tarde pelo presidente da Alesp, Cauê Macris (PSDB), e disse iniciar seu mandato "com o olhar voltado para o povo, buscando defender os interesses coletivos e fortalecer os municípios paulistas e todo o Estado".

A cerimônia de posse em São Paulo teve a presença da esposa de Dirceu Dalben, Mara Dalben, e dos filhos Katherine Dalben e Luiz Dalben (PPS), prefeito de Sumaré, além de outros familiares, amigos, o presidente da Câmara de Sumaré, Willian Souza (PT), e outros seis vereadores, além de lideranças políticas regionais, como o prefeito de Hortolândia, Angelo Perugini (PDT), vereadores e secretários de várias cidades da região, como Cosmópolis e Hortolândia.

"Agradeço primeiramente a Deus por mais essa oportunidade de trabalhar pelo povo e por aqueles que mais precisam. Agradeço a toda minha família, pelo apoio incondicional, a todos os amigos e a todos que me acolheram e me elegeram deputado estadual", disse Dalben.

"Com muita alegria e gratidão, assumo minha cadeira na Assembleia Legislativa de São Paulo e quero dizer à população que aqui vocês têm um deputado amigo, que buscará sempre estar presente, ouvindo e trabalhando pelos interesses coletivos. Vou retribuir todo o carinho que tenho recebido com muito trabalho. Fé e trabalho", completou o agora deputado.

BATALHA JUDICIAL
A posse do deputado ocorreu apenas ontem, diferentemente dos demais 93 eleitos no Estado, que haviam assumido o cargo no último dia 15.

É que Dalben tinha sido impedido de assumir o cargo por decisão do TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral), que cassou sua candidatura após as eleições de outubro.

A Justiça Eleitoral paulista o considerava inelegível por causa de uma condenação sofrida por Dalben, acusado de improbidade administrativa ao contratar familiares sem concurso público durante sua última gestão como prefeito de Sumaré.

Dalben recorreu ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), em Brasília (DF), e conseguiu reverter a decisão na semana passada, ganhando o direito de assumir o mandato para o qual foi eleito nas urnas. Com julgamento favorável do TSE, ele foi novamente diplomado na terça-feira pelo TRE-SP, para a posse no cargo ontem.

Para assumir sua cadeira na Alesp, o deputado renunciou ao seu cargo como vereador de Sumaré. Nesse terceiro mandato na Câmara, Dirceu Dalben apresentou mais de 50 projetos de lei.

 
 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/