Quarta, 25 Mai 2022

Escolas municipais retomam aulas a partir do dia 31 na região

CidadesEducação

Escolas municipais retomam aulas a partir do dia 31 na região

Mesmo com avanço da Covid, calendário é mantido para mais de 68 mil estudantes  

Escola | Alunos da rede municipal de Santa Bárbara serão os primeiros a voltar, dia 31 (Foto: Prefeitura de Santa Bárbara / Divulgação)

Mesmo com o avanço de infecções do novo coronavírus pela variante Ômicron e o aumento dos casos de síndromes gripais desde o início do ano, pouco mais de 68 mil estudantes da educação infantil e do ensino fundamental nas cidades da região começam a voltar às aulas em escolas das redes municipais na próxima semana.

Todas devem manter os protocolos sanitários adotados durante a pandemia, no entanto com 100% das aulas presenciais obrigatórias.

SANTA BÁRBARA
Santa Bárbara d'Oeste será a primeira a dar início ao ano letivo. Os cerca de 15 mil alunos matriculados na rede municipal barbarense têm retorno marcado para a próxima segunda-feira (31).

Na primeira semana, os alunos frequentarão as unidades em horários diferenciados para adaptação. O atendimento às crianças da creche, de até 3 anos, na segunda-feira na e terça-feira (1º) será das 7h às 9h30. Na quarta-feira e quinta-feira (2 e 3), as crianças permanecem nas instituições das 7h às 11h, com saída após o almoço. Já na sexta-feira (4), a saída será às 14h30, após o lanche. Os alunos da educação infantil, entre 4 e 5 anos, e do ensino fundamental terão dois dias de adaptação. Crianças dos Jardim I e II, matriculadas no período da manhã, estarão nas escolas das 7h30 às 9h30, enquanto os que frequentam as unidades à tarde, das 13h às 15h. Já os alunos do ensino fundamental entram meia-hora mais cedo, às 7h e 13h30, respectivamente.

Nos CIEPs (Centros Integrados de Educação Pública) o horário da educação infantil e do ensino fundamental será das 7h às 11h. Os demais dias da semana seguem com o horário normal de aula. A exceção é a EJA (Educação de Jovens Adultos), que não terá período de adaptação.

Assim como Americana, as redes municipais de educação em Nova Odessa e Hortolândia começam o ano letivo no dia 7 de fevereiro.

AMERICANA, HORTOLÂNDIA E NOVA ODESSA
Conforme o TODODIA informou em reportagem publicada nesta quarta-feira (10), dos cerca de 7 mil alunos da rede municipal de Americana, só não voltarão aqueles com comorbidades.

Em Nova Odessa, os cerca de 5,6 mil alunos também contarão com dois dias de adaptação. As crianças matriculadas no período da manhã serão atendidas das 7h às 9h. Já as que estão no período da tarde, das 13h às 15h. A exceção são as crianças de até 3 anos, que frequentam as creches. Neste caso, com um dia a mais de adaptação e horários escalonados de saída.

Já Hortolândia com, aproximadamente, 24 mil estudantes, também deve seguir o mesmo planejamento, mas os horários não foram informados pela Secretaria de Educação.

De acordo com a pasta, as aulas serão todas presenciais e obrigatórias, mantendo os protocolos sanitários já adotados.

SUMARÉ
Os 17 mil alunos da rede municipal de Sumaré retornam às aulas apenas no dia 10 de fevereiro. A Secretaria de Educação não informou os horários das aulas, no entanto reafirmou que também seguirá os protocolos sanitários de distanciamento, uso de máscaras e álcool em gel. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 25 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/