Sexta, 12 Agosto 2022

Fundocamp libera R$ 5,7 milhões à região

CidadesRepasse

Fundocamp libera R$ 5,7 milhões à região

O dinheiro deverá ser obrigatoriamente aplicado na compra de insumos, exames e até cestas básicas para ações das prefeituras contra os impactos da crise sanitária

RMC| Reunião do Conselho de prefeitos nesta terça-feira ( Foto: Divulgação)

 Fundocamp libera R$ 5,7 milhões à região

Os prefeitos do Conselho de Desenvolvimento da RMC (Região Metropolitana de Campinas) aprovaram nesta terça-feira (20), em reunião em Indaiatuba, os critérios para o repasse dos R$ 18 milhões em recursos do Fundocamp (Fundo de Desenvolvimento Metropolitano), liberados pelo governo do estado para ações de enfrentamento à pandemia de Covid-19 nas 20 cidades que integram a RMC.

A divisão dos recursos feita será de acordo com o tamanho de cada cidade. Assim, segundo a partilha definida pelo Conselho da RMC, as cidades de Americana, Hortolândia, Nova Odessa, Santa Bárbara e Sumaré poderão pleitear, juntas, até R$ 5,75 milhões do pacote de verbas, desbloqueadas no estado a pedido da Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas). O dinheiro deverá ser obrigatoriamente aplicado na compra de insumos, exames e até cestas básicas para ações das prefeituras contra os impactos da crise sanitária.

Conforme a divisão definida no Conselho da RMC, serão destinados R$ 500 mil para os municípios da RMC com população de até 50 mil habitantes. Nessa lista estão Engenheiro Coelho, Holambra, Morungaba, Pedreira e Santo Antonio de Posse.

Cidades com população entre 50 e 100 mil habitantes, caso de Nova Odessa, poderão solicitar a liberação de até R$ 800 mil. Nessa relação, estão também as cidades de Artur Nogueira, Cosmópolis, Jaguariúna, Monte Mor e Vinhedo.

Santa Bárbara d'Oeste está na relação de cidades com população entre 100 e 200 mil moradores, aptas a receber R$ 1.050 milhão. Além de Santa Bárbara, estão nessa faixa as cidades de Itatiba, Paulínia e Valinhos.

Já as cidades com população superior a 200 mil habitantes terão direito a solicitar, cada uma, R$ 1,3 milhão do bolo de R$ 18 milhões em recursos. É o caso de Americana, Hortolândia e Sumaré, além da metrópole, Campinas, e de Indaiatuba.

MANUAL

No encontro entre os prefeitos nesta terça, em Indaiatuba, além dos critérios para partilha dos recursos, foi aprovado um "manual de instruções" para que cada prefeitura solicite as verbas a quem tem direito.

"Agora, encaminhamos o manual aprovado pelos prefeitos para os municípios solicitarem o recurso, com a documentação necessária. Feito isso, elas (prefeituras) abrem os processos licitatórios de compra e o recurso é liberado", explicou o diretor-executivo da Agemcamp, o ex-prefeito de Nova Odessa, Bill Souza.

Os prefeitos de Americana, Chico Sardelli (PV), de Nova Odessa, Cláudio Schooder, o Leitinho (PSD), e de Sumaré, Luiz Dalben (Cidadania), participaram do encontro.

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/