Sábado, 28 Mai 2022

Idosos do Centro de Longevidade são pesquisados

Idosos do Centro de Longevidade são pesquisados

Pioneiro na região, o Centro de Longevidade de Sumaré recebeu ontem alunos do curso de Mestrado em Saúde Coletiva da Faculdade São Leopoldo Mandic, de
Pioneiro na região, o Centro de Longevidade de Sumaré recebeu ontem alunos do curso de Mestrado em Saúde Coletiva da Faculdade São Leopoldo Mandic, de Campinas, que deram início a pesquisas com os idosos atendidos no local. Neste primeiro momento, os estudantes - todos profissionais da saúde - vão avaliar a importância do curso de "Inclusão Digital" na rotina e qualidade de vida da Melhor Idade de Sumaré.
 
Atualmente, 36 idosos participam do curso Inclusão Digital no Centro de Longevidade. "Nosso objetivo é avaliar que benefícios a Inclusão Digital traz para os idosos, como contribui para a melhora da qualidade de vida deles. Por isso, nossa pesquisa vai envolver não apenas os alunos do curso, mas também aqueles que não fazem as aulas", explicou a professora dos mestrandos, Arlete Oliveira.
 
Os pesquisadores são profissionais da área da saúde, como médicos, dentistas, psicólogo, enfermeiro assistente social, entre outros.
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 28 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/