Sábado, 28 Mai 2022

Lixeiras públicas são depredadas em Santa Bárbara

Lixeiras públicas são depredadas em Santa Bárbara

Pelo menos 13 das 27 lixeiras públicas instaladas na Avenida Corifeu de Azevedo Marques amanheceram depredadas ontem, na região central de Santa Bárba
Pelo menos 13 das 27 lixeiras públicas instaladas na Avenida Corifeu de Azevedo Marques amanheceram depredadas ontem, na região central de Santa Bárbara d'Oeste, nas imediações do Parque dos Ipês e do Centro Social Urbano. As autoridades ainda não sabem explicar o que ocorreu, mas tudo leva a crer em mais uma ação de vandalismo contra o patrimônio público.

As lixeiras foram arrancadas de seus suportes e quebradas, com pedaços deixados na via pública. À tarde, uma equipe da prefeitura retirou os pedaços quebrados e fez a reposição de novas lixeiras.

O prejuízo não foi divulgado. As lixeiras públicas foram doadas à prefeitura pelo Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Campinas), como forma de ampliar as opções de descarte de lixo. As papeleiras estão instaladas em diversos pontos do município e têm capacidade para 50 litros. São adequadas para receber pequenos volumes, como latas de refrigerante, garrafas, embalagens de alimentos, papéis de bala, entre outros.

Em nota oficial emitida ontem, a Prefeitura de Santa Bárbara d'Oeste lamentou a destruição do patrimônio. Ainda na nota, a Administração diz que quem perde com esses atos de vandalismo é a própria sociedade.

Até o fechamento desta edição, não havia registro de ocorrência no 1º DP (Distrito Policial), que cuida da região. Na Guarda Civil de Santa Bárbara d'Oeste também não existiam informações sobre o incidente.

 
 
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 28 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/