Quinta, 26 Mai 2022

Menor morre atropelado por causa de pipa na Bandeirantes

Menor morre atropelado por causa de pipa na Bandeirantes

Um adolescente morreu atropelado na tarde de terça-feira, dia de Natal, enquanto corria atrás de uma pipa em um trecho da Rodovia Bandeirantes, na alt
Um adolescente morreu atropelado na tarde de terça-feira, dia de Natal, enquanto corria atrás de uma pipa em um trecho da Rodovia Bandeirantes, na altura do km 308, em Hortolândia. A fatalidade chama atenção para os cuidados ao brincar com pipa, principalmente no período das férias escolares.

De acordo com a AutoBAn, concessionária que administra o trecho, o helicóptero Águia da Polícia Militar foi acionado para prestar socorro. No entanto, Richard Amorim de Almeida, de 13 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Conforme o major Rogério Takiuchi, da PM de Americana, soltar pipa é uma brincadeira que atrai crianças e adolescentes, mas é preciso ficar atento a alguns cuidados. "Ao correr atrás de pipas, muita atenção com o trânsito", destaca. Além disso, o major alerta para o uso do cerol (linha cortante): "Jamais utilize o cerol na linha de papagaio, o material é extremamente perigoso, principalmente para motociclistas", afirma.

A PM orienta ainda para que crianças ou adultos não empinem pipas em cima de lajes ou telhados, para evitar o risco de quedas. Evite brincar perto de antenas, fios telefônicos, ou cabos elétricos. Prefira locais abertos, como praças e parques. Se a pipa enroscar em fios, ninguém deve tentar tirá-la. Nunca use canos ou vergalhões, que aumentam o risco de choque elétrico.

 
 
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 27 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/