Domingo, 17 Outubro 2021

Nova Odessa autoriza início de reforma da clínica do Hospital

Nova Odessa autoriza início de reforma da clínica do Hospital

O prefeito de Nova Odessa, Cláudio José Schooder, o Leitinho (PSD), assinou nesta semana ordem de serviço para início das obras de reforma da clínica
O prefeito de Nova Odessa, Cláudio José Schooder, o Leitinho (PSD), assinou nesta semana ordem de serviço para início das obras de reforma da clínica médica do Hospital e Maternidade Municipal Dr. Acílio Carreon Garcia. A prefeitura divulgou que o serviço, que tem prazo de execução previsto de seis meses, custará aos cofres públicos R$ 661.999,53 em recursos próprios.

O contrato com a empresa vencedora da licitação, a Contisa Construtora e Incorporadora, inclui o fornecimento dos materiais, equipamentos e mão-de-obra.

O cronograma inclui a recuperação de trincas e reforço estrutural, troca de 500 metros de pisos e 900 metros de revestimentos, recuperação das redes elétrica, hidráulica e de telefonia, um novo sistema de iluminação com 80 luminárias e iluminação de emergência, além de substituição de portas e armários e uma nova pintura.

O atendimento não será interrompido, mas durante o período de obras, algumas adequações no fluxo da equipe e dos pacientes terão de ser temporariamente adotadas, com o objetivo de minimizar os eventuais transtornos ao funcionamento da ala - e do restante do hospital.

"É uma obra importante, que vinha sendo muito aguardada pela equipe que trabalha no nosso Hospital Municipal, e que vai melhorar as condições de trabalho e também de atendimento dos pacientes, que assim poderão se recuperar mais rapidamente", destacou o prefeito.

"Essa reforma vem em boa hora para melhor acolhimento dos pacientes e padronização da 'engenharia' hospitalar. Trabalhamos sempre para que a população seja sempre bem atendida", afirmou o secretário de Saúde, Nivaldo Rodrigues.

A clínica médica é o setor do Hospital Municipal onde o paciente é internado para tratamentos diversos, preventivos ou paliativos, e recebe cuidados mínimos, intermediários ou semicríticos.

Por isso, é geralmente onde a pessoa permanece por mais tempo no hospital. São atendidos, nesta ala, pacientes pediátricos, cirúrgicos, ortopédicos e de Clínica Geral, além de psiquiátricos.

A ordem de serviço da obra foi entregue ao engenheiro e responsável técnico Tiago Spagnolo, da Contisa. Segundo ele, a empresa atua desde 2013 em obras públicas e industriais na região, com dois contratos já finalizados em Nova Odessa.

 
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 17 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/