Quarta, 25 Mai 2022

Prefeitos da RMC proíbem Carnaval em clubes e eventos privados

Cidadespandemia

Prefeitos da RMC proíbem Carnaval em clubes e eventos privados

Para conter a disseminação da Ômicron e diante dos casos de Influenza, Conselho da Região Metropolitana, que já havia cancelado festas públicas, decide vetar também aglomeração em espaços particulares

Reunião entre prefeitos da RMC, na manhã desta segunda-feira, em Campinas (Foto: Divulgação)

 Os prefeitos das 20 cidades que compõem a RMC (Região Metropolitana de Campinas) decidiram suspender todos os eventos de Carnaval, inclusive em clubes, blocos de rua e outros locais privados. A medida foi tomada durante a primeira reunião do ano do Conselho de Desenvolvimento da RMC, nesta segunda-feira (17), em Campinas. O Conselho já havia deliberado em novembro do ano passado contra a realização do Carnaval oficial pelas prefeituras, e agora amplia a restrição também para espaços privados, devido à disseminação da variante Ômicron do coronavírus e dos casos de Influenza, que estão sobrecarregando novamente os hospitais da região.

Além da proibição dos eventos de Carnaval, os prefeitos discutiram ainda a adoção de campanhas informativas sobre quais unidades de saúde a população deve procurar caso apresente sintomas de síndromes gripais.

De acordo com o diretor-executivo da Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas), Odair Dias, a proposta visa desafogar o sistema de saúde das cidades. "Muita gente não sabe onde pode procurar atendimento e isso faz com que congestione os atendimentos em unidades de urgência e emergência", explica.

ATESTADO SANITÁRIO
Segundo o diretor-executivo, responsáveis técnicos da Saúde dos municípios também devem se reunir em sessão da Câmara Temática de Saúde nesta quarta-feira (19) para debater a adoção do atestado sanitário, medida já implantada em Campinas.

Emitido pela prefeitura, o documento dá direito ao afastamento por um período de três dias a pessoas com dois ou mais sintomas de infecção por Covid-19. Junto com o atestado, o paciente recebe ainda um encaminhamento para avaliação em uma unidade de saúde, para testagem e consulta médica.

Se confirmada a infecção, o afastamento é prorrogado. A emissão do atestado é feita por meio de um site, onde as informações são preenchidas pelo próprio paciente. "Existe um empenho muito grande do estado, assim como dos prefeitos, que tenhamos as medidas mais assertivas no combate da Ômicron e da H3N2", diz Dias.

COE
Ainda na reunião desta segunda, os prefeitos aprovaram o manual de criação do COE (Centro de Operações de Emergência da Defesa Civil). A intenção é integrar o trabalho desenvolvido na prevenção e resposta a desastres naturais na região, a partir do compartilhamento de dados, capacitação e coordenação.


CONSELHO DA RMC REELEGE GUSTAVO REIS PARA PRESIDÊNCIA E CANCELA CARNAVAL EM CLUBES
O prefeito de Jaguariúna e atual presidente do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas (RMC), Gustavo Reis, foi eleito para mais um mandato à frente do colegiado. A eleição foi realizada durante a primeira reunião do Conselho no ano, na manhã desta segunda-feira, dia 17 de janeiro, na cidade de Campinas. O prefeito Luiz Dalben, de Sumaré, também foi reconduzido como vice-presidente do colegiado.

É a terceira vez que Gustavo Reis preside o Conselho de Desenvolvimento da RMC. A primeira foi em 2010. Em 2021, Reis foi eleito vice-presidente do colegiado, mas assumiu em definitivo a presidência após a morte do prefeito de Hortolândia, Angelo Perugini, que ocupava o posto.

"Recebi de forma unânime a votação dos demais prefeitos. É um desafio enorme a gente poder continuar realizando esse trabalho à frente do Conselho da RMC, ao lado do prefeito Luiz Dalben, reeleito como vice-presidente. Sinto-me preparado e tenho o apoio necessário para continuar o desenvolvimento desse trabalho", comentou Gustavo Reis.

CARNAVAL E ATESTADO
Na reunião desta segunda, os prefeitos também decidiram suspender todos os eventos de Carnaval, inclusive em clubes e outros locais privados. O Conselho já havia deliberado contra a realização do Carnaval oficial e agora amplia a restrição devido a disseminação da variante ômicron do coronavírus e dos casos de Influenza, que estão sobrecarregando novamente os hospitais da região.

Além disso, foi aprovada a discussão, pela Câmara Temática de Saúde da RMC, de um protocolo conjunto para a adoção do atestado sanitário digital em todos os 20 municípios da região metropolitana, nos mesmos moldes do já implementado pelo município de Campinas.

A medida possibilita a emissão dos atestados sanitários pela internet, evitando que as pessoas com sintomas de síndromes gripais se desloquem até uma unidade de saúde para pegar o atestado. Outra sugestão é orientar a população sobre como agir em caso de sintomas.

"São medidas conjuntas necessárias nesse momento em que as cidades registram uma verdadeira explosão de casos de Covid e de gripes", disse o prefeito e presidente do Conselho da RMC, Gustavo Reis. Também foi aprovado pelos prefeitos o projeto do Centro de Operações em Emergências (COE) da Defesa Civil, que prevê a criação de 20 salas de coordenação para discussão de políticas públicas voltadas para e redução de riscos de desastres e apoio a situações de crises.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 25 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/