Domingo, 17 Outubro 2021

Prefeitura revoga licitação que foi suspensa pelo TCE

Prefeitura revoga licitação que foi suspensa pelo TCE

A Prefeitura de Americana revogou a licitação que havia sido suspensa no final de abril pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) de São Paulo. O proces
A Prefeitura de Americana revogou a licitação que havia sido suspensa no final de abril pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) de São Paulo. O processo busca contratar empresa para realizar manutenção de prédios públicos da Secretaria de Educação e outras, serviço para o qual a Prefeitura está sem contrato desde outubro do ano passado.

A licitação foi suspensa pelo TCE no dia em que as propostas das empresas concorrentes seriam apresentadas, após uma representação feita por uma empresa que iria concorrer.

A empresa que acionou o TCE foi a Atlântica Construções, que tem sede em Avaré. Ela apresentou duas principais contestações do edital.

O primeiro ponto levantado foi que a empresa alegou já ter prestado serviços para a Prefeitura de Americana, mas que nessa licitação foi adotado um critério de qualificação operacional e de capacidade técnico-profissional com itens diferentes dos anteriores, o que gerou o questionamento sobre os motivos dessa adoção.

O outro ponto tem relação à "imposição de prova de aptidão técnica na execução de serviços não relacionados com a manutenção de próprios públicos ou que dificilmente serão executados", sustentando que tais exigências provocam "restritividade indevida do edital à vista dos dispositivos constitucionais e legais".

PETIÇÃO
Na petição, a empresa solicitava a suspensão do certame e a correção das supostas irregularidades do edital.

O TCE entendeu que os itens apontados pela empresa tinham potencial para desequilibrar a concorrência. O tribunal ordenou que a licitação fosse ser suspensa para reavaliação do edital, e solicitou cópia da íntegra do processo. Na última semana, a Prefeitura decidiu pela revogação.

Em nota sobre o caso, a Prefeitura de Americana informou que a licitação "foi revogada para nova análise e posterior reabertura, pois estamos sem contrato para manutenção predial desde o final de outubro de 2020".

 
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 17 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/