Terça, 26 Outubro 2021

Protestos reúnem 150 mulheres

Protestos reúnem 150 mulheres

Cerca de 150 mulheres e homens participaram de atos pedindo "Justiça por Mari Ferrer", realizados em Americana e Nova Odessa no último domingo. As man

Cerca de 150 mulheres e homens participaram de atos pedindo "Justiça por Mari Ferrer", realizados em Americana e Nova Odessa no último domingo. As manifestações contaram com discursos, debates, hinos em defesa das mulheres e com a apresentação e cortejo do grupo de maracatu Baque Mulher. Os protestos foram pacíficos.

As manifestações tinham o objetivo de repudiar a decisão que inocentou o empresário André Aranha, acusado de estuprar a influenciadora Mariana Ferrer em Florianópolis (SC) em 2018.

A decisão que inocentou Aranha em primeira instância e a forma que a vítima Mariana Ferrer foi tratada na audiência provocou uma onda de manifestações virtuais e também presenciais em todo o país na semana passada.

Em Americana, o ato aconteceu na Praça Comendador Muller e foi organizado pela Frente Feminista Marielle Vive.

A maioria das participantes era mulher, mas alguns homens também estiveram na manifestação. Alguns candidatos e candidatas participaram da atividade, mas não puderam falar sobre suas candidaturas.

"Abrimos espaço para as mulheres falarem, mas não abrimos para questões políticas partidárias. Nós entendemos que, mesmo sendo candidatas, elas também tinham o direito de falar por serem mulheres. Se a gente não concedesse a palavra, seria mais uma forma de silenciamento. Mas todas se ativeram ao tema da violência contra a mulher", destacou uma das organizadoras do ato, a professora Clarissa de Oliveira.

Depois dos discursos, as mulheres fizeram uma encenação do hino "Estuprador é você", que surgiu no Chile e tem sido replicado em diversos atos em toda a América Latina. Na sequência, houve uma apresentação do grupo Baque Mulher e as participantes seguiram em cortejo até a prefeitura, na Avenida Brasil, onde a manifestação se encerrou.

"Foi um ato muito bonito, que deu visibilidade ao tema. Foi maior do que esperávamos. Agora vamos nos reunir e pensar em novas ações", afirmou Clarissa.


NOVA ODESSA

Em Nova Odessa, dezenas de mulheres se reuniram na Praça dos Três Poderes, em frente à prefeitura. Elas vestiram roupas pretas em luto pelo caso Mari Ferrer e também fizeram a encenação do hino "Estuprador é você".

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 26 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/