Quinta, 27 Janeiro 2022

Região chega a R$ 6 mi negociados em conciliações trabalhistas

CidadesGeral

Região chega a R$ 6 mi negociados em conciliações trabalhistas

 
Os dados ainda estão em compilação, mas a prévia solicitada pela reportagem indica 77 acordos envolvendo mais de 600 pessoas

 (Imagem/ Agência Brasil)
O TRT-15 (Tribunal Regional do Trabalho) da 15ª Região, que abrange toda a região de Campinas, homologou R$ 6.037.615,95 somente em Americana e região durante a "Semana Nacional de Conciliação e Execução Trabalhista", que ocorreu entre 20 e 24 de setembro.

Os dados ainda estão em compilação, mas a prévia solicitada pela reportagem indica 77 acordos envolvendo mais de 600 pessoas em 203 audiências realizadas nas varas do trabalho que contemplam Americana, Nova Odessa, Hortolândia, Santa Bárbara d'Oeste e Sumaré.
O Fórum Trabalhista de Americana conta com duas varas, e Nova Odessa faz parte da jurisdição. A unidade teve 71 audiências (16 na 1a Vara e 55 na segunda), 27 acordos (11 e 16), 134 pessoas envolvidas (32 e 102) e R$ 3.122.158,95 homologados (com R$ 2,6 milhões na 2a Vara).

Nas varas de Hortolândia, Santa Bárbara d'Oeste e Sumaré foram realizadas, respectivamente 27, 22 e 83 audiências e 28, 5 e 17 acordos.
Em Santa Bárbara foram 50 pessoas envolvidas e, em Sumaré, 423. A quantidade de Hortolândia ainda não havia sido computada.
Os valores negociados em cada município foram de R$ 1.807.146,39, R$ 147.619,00, R$ 960.691,61, respectivamente.
Os dados contemplam os resultados da semana envolvendo processos na fase de conhecimento e na fase de execução.
Com o slogan "Cada solução, um recomeço", o evento de conciliação foi coordenado pelo CSJT (Conselho Superior da Justiça do Trabalho) e pelo TST (Tribunal Superior do Trabalho) com a participação de todos os 24 tribunais trabalhistas.

Devido à pandemia, os órgãos decidiram unificar os dois movimentos conciliatórios anuais. A iniciativa inédita buscou promover o maior número de soluções consensuais dos conflitos trabalhistas por meio da conciliação, além de garantir a efetiva quitação dos débitos reconhecidos na justiça.

Para a presidente do TRT da 15ª Região, desembargadora Ana Amarylis Vivacqua de Oliveira Gulla, "o desempenho da 15ª, que inclui a região de Americana, demonstra toda a dedicação de magistrados e servidores que conseguiram promover o maior número de soluções consensuais dos conflitos trabalhistas por meio da conciliação, garantindo também a efetiva quitação dos débitos reconhecidos". 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 27 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/