Quarta, 26 Janeiro 2022

Revitalização em SBO será inaugurada hoje

Revitalização em SBO será inaugurada hoje

A Fundação Romi inaugura hoje, às 10h, a revitalização da Estação Cultural e seu novo “Memorial da Ferrovia”, em comemoração aos 102 anos da inauguraç

A Fundação Romi inaugura hoje, às 10h, a revitalização da Estação Cultural e seu novo “Memorial da Ferrovia”, em comemoração aos 102 anos da inauguração da Estação Ferroviária de Santa Bárbara d’Oeste. A solenidade, no vão livre da Estação, é aberta ao público e contará com apresentação da Orquestra Filarmônica “Maestro Paulo Bellan”.

Patrocinado pelas Indústrias Romi, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, o projeto “Preservação e Difusão do Patrimônio Ferroviário de Santa Bárbara d’Oeste” tem a proposta de reavivar e preservar a história da Estação Ferroviária da Companhia Paulista de Santa Bárbara, inaugurada em 14 de julho de 1917, além de consolidar o equipamento cultural, que é a Estação Cultural, inaugurada em 2007, e que constitui a identidade da cidade e região.

Para os serviços de manutenção e conservação, foram investidos R$ 122 mil, com o intuito de prolongar o tempo de vida da edificação centenária, bem como seu bom funcionamento e uso. “O projeto também modernizou o Memorial da Ferrovia, com o intuito de difundir a história da ferrovia e sua importância para o desenvolvimento socioeconômico e cultural da cidade e região”, afirmou o superintendente da Fundação Romi, Vainer Penatti.

HISTÓRIA

Em 1916 o ramal ferroviário começou a ser construído pela Companhia Paulista. A linha férrea partiu de Recanto, estação logo após Nova Odessa, e chegou a Santa Bárbara em 1917. A construção do trecho em Santa Bárbara e Piracicaba ficou pronto em 1922, quando o tráfego foi liberado e inauguradas as estações de Caiubi, Tupi e Piracicaba.

A última viagem de passageiros aconteceu em 20 de fevereiro de 1977 e a ferrovia passou a ser utilizada para transporte de cargas até ser desativada em 1995. Três anos depois, a Prefeitura da cidade passou a utilizar o espaço da estação ferroviária como a rodoviária, que permaneceu em funcionamento até setembro de 1999. Em 5 de abril de 2005, a Fundação Romi assumiu o espaço e assinou o Contrato de Cessão de Uso da Estação Ferroviária de Santa Bárbara d’Oeste junto à Rede Ferroviária Federal S/A, criando dois anos mais tarde a Estação Cultural, que fica na Avenida Tiradentes, nº 2, no Centro.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 26 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/