Segunda, 15 Agosto 2022

Homem é assassinado em suposto tribunal do crime em Sumaré

SumaréHomicídio

Homem é assassinado em suposto tribunal do crime em Sumaré

Polícia Militar achou corpo em área de difícil acesso

Caso foi registrado no plantão policial de Sumaré e será investigado (Foto: Rafael Rezende/ TodoDia Imagem)

O corpo de um homem foi localizado no início da noite desta quinta-feira (16), em uma área de mata dentro de um sítio, na região do bairro Jardim Picerno, em Sumaré. A hipótese apontada pela polícia é de execução em um suposto tribunal do crime.

Segundo informações da Polícia Militar, Arnaldo José de Santana Filho, de 48 anos, desapareceu na última segunda-feira (13) e desde então, a família vinha fazendo apelos pelas redes sociais na tentativa de encontrar Filho.

Na noite desta quinta-feira, familiares receberam uma ligação anônima informando que o corpo do homem estaria em uma área de mata de difícil acesso, em um sítio localizado no bairro Jardim Picerno. Os familiares então entraram em contato com a PM, que localizou o corpo.

A vítima foi achada com diversos ferimentos e hematomas. Os autores efetuaram cerca de quatro disparos de arma de fogo contra a cabeça e peito do homem.

Equipes da Polícia Científica foram acionadas e realizaram a perícia no local. A Polícia Civil foi ao local e suspeita que Filho tenha sido executado durante um tribunal do crime, que teria ocorrido no local durante o dia.

De acordo com o depoimento de parentes, a suspeita é de que ele tenha sido assassinado por criminosos de uma facção devido a um possível abuso sexual cometido contra uma criança de oito anos, filha de uma amiga do homem. Ao lado do corpo, os policiais localizaram um celular com foto de uma criança.

O corpo foi recolhido e encaminhado pela funerária de plantão para o IML (Instituto Médico Legal de Americana). O caso foi registrado no plantão policial de Sumaré e será investigado.

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/