Segunda, 08 Agosto 2022

Sumaré sofre sem água há uma semana; população tem dificuldades para tomar banho

SumaréAbastecimento

Sumaré sofre sem água há uma semana; população tem dificuldades para tomar banho

Moradora se diz frustrada e reclama que mesmo com a falta d'água, a conta chega ao fim do mês

A parada de energia elétrica aconteceu em duas das três captações de água bruta que fornecem água para a ETA I (Foto: Arquivo/ TodoDia Imagem)

Sumaré tem problemas com o abastecimento de água há praticamente uma semana. Desde a última quinta-feira (24), boa parte da cidade sofre com a falta d'água. Nesta quarta-feira (2), a falta de energia na captação nas represas Horto I e II afetou 62 bairros, de acordo com a BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto.

Na terça-feira (1º) o abastecimento estaria normalizado em todos os bairros, segundo a BRK, mas foi interrompido novamente nesta quarta-feira devido a "falta de energia elétrica por parte da CPFL nas captações de água bruta do Horto I e II", conforme informou a concessionária.

A parada de energia elétrica aconteceu em duas das três captações de água bruta que fornecem água para a ETA I (Estação de Tratamento de Água I).

De acordo com a BRK, a energia voltou durante a madrugada desta quarta-feira, mas afetou os níveis de reservação. A previsão é que o abastecimento normalize na manhã desta quinta-feira (3), segundo a empresa.

Uma moradora do bairro Alvorada informou que falta água na sua casa há cerca de três dias. "Vem um pingo e depois para", disse Marlene Franco de Souza, aposentada, que mora com mais três pessoas. A moradora comentou que tem dificuldades para lavar louça e tomar banho.

Marlene lamenta que a cidade de Sumaré esteja com problemas no abastecimento de água e destaca sua frustração: "Falta água, mas quando chega o fim do mês temos que pagar do mesmo jeito".

A BRK comunicou que situações diferentes impactaram o abastecimento nos últimos dias. "A represa do Horto I, além da falta de energia na captação, também apresentou alteração na qualidade da água após a forte chuva que atingiu Sumaré na noite desta terça-feira", informou.

De acordo com a concessionária, a diminuição de represas em funcionamento reduziu a disponibilidade de água para tratamento na estação e posterior distribuição à população.

A BRK ainda explicou que uma alteração na qualidade da água da represa do Horto II afetou o abastecimento nos outros dias.

"Esta represa teve seu nível bastante prejudicado pela estiagem de 2021. Com a retomada das chuvas, resíduos que estavam acumulados no fundo da represa foram para a superfície, o que ocasionou a alteração da qualidade da água do manancial", comunicou a empresa.

Neste caso, também houve redução de disponibilidade de água na ETA I, que teve que operar com água de duas (Horto I e Marcelo) das três represas, de acordo com a concessionária.

A CPFL Paulista informou ao TODODIA que o forte temporal desta terça-feira causou danos à rede de energia em algumas regiões de Sumaré.

Segundo a empresa, todo o contingente de equipes foi acionado para iniciar a recomposição da rede nos locais afetados. No caso dos pontos de captação Horto I e II, as equipes da CPFL realizaram o atendimento e a energia foi religada durante a madrugada.

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/