Quinta, 26 Mai 2022

Transporte volta a operar, mas atendimento é parcial

Transporte volta a operar, mas atendimento é parcial

O primeiro dia de operações da nova empresa de ônibus do transporte público da cidade, a Sou Americana, foi marcado ontem por atrasos pela manhã e rel
O primeiro dia de operações da nova empresa de ônibus do transporte público da cidade, a Sou Americana, foi marcado ontem por atrasos pela manhã e relatos desencontrados de passageiros sobre problemas na aceitação de cartões com créditos de passagens da empresa anterior, a VPT (Viação Princesa Tecelã).

Empresa do grupo Sancetur, a Sou Americana assumiu o serviço ontem, de forma emergencial a pedido da prefeitura, por causa da greve deflagrada na última sexta-feira pelos motoristas da VPT, que foi afastada do sistema pela Administração e iria operar somente até 30 de novembro.

Ontem, quarto dia consecutivo de paralisação dos motoristas, nenhum ônibus da VPT saiu da garagem. Com isso, o transporte coletivo da cidade funcionou apenas parcialmente, com 25 ônibus da Sou Americana operando 14 das 35 linhas da cidade.

Ao todo, 70 ex-motoristas e ex-fiscais da VPT já atuam na nova concessionária, que vai ser responsável de agora em diante pelo transporte de mais de 20 mil passageiros que utilizam o sistema, em média, em dias normais.

O gerente de Operações da Sou Americana, Luiz Rodrigues, informou que todos os coletivos em circulação ontem foram dirigidos por condutores da antiga empresa.

Os novos contratados estão sendo capacitados junto aos motoristas com experiência nos trajetos urbanos e, além disso, existem outros 30 profissionais de plantão. “Só sábado foram cadastrados 110 motoristas da antiga empresa para testes e cursos”, afirmou.

A Sou Americana informou que opera com 25 veículos de fabricação 2015/2016, com ar-condicionado, circulando nas linhas 102, 105, 107, 114, 119, 200, 212, 220, 224, 225, 106, 110, 116 e 201, todas conforme o horário já estabelecido em dias normais.

Segundo a Prefeitura de Americana, a preferência nesse primeiro momento é pelas linhas que atendem áreas mais distantes, para garantir atendimento à maioria dos passageiros.

Hoje, a previsão é de que sejam mantidas as 14 linhas servidas ontem. “Estamos trabalhando para socorrer e atender os usuários que estavam sem transporte. Brevemente estará tudo normalizado”, garantiu Rodrigues.

Nem a prefeitura, nem a empresa informam quando o transporte estará operando normalmente.

O Sindicato dos Condutores de Americana e Região, que representa a categoria, acompanhou a saída dos coletivos da garagem da Sou Americana durante a madrugada, para verificar o cumprimento do acordo de prioridade na contratação dos ex-funcionários da VPT.

“A gente estava lá para garantir o combinado com o empresário, que iria atender 100% dos trabalhadores. E aconteceu”, explicou o diretor do sindicato, Nadir Migliorin.

Assim como a Prefeitura, o sindicato aguarda uma resposta do MPT (Ministério Público do Trabalho) quanto à audiência solicitada no órgão para discutir a migração dos profissionais, sem afetar os usuários do transporte público.

PRINCESA TECELÃ
Apesar dos quatro dias de paralisação e mesmo sem nenhum ônibus ter saído da garagem ontem, a direção da Viação Princesa Tecelã não definiu se vai aplicar alguma sanção aos motoristas que não estão trabalhando.

Apesar de ser a atual concessionária e responsável pelo transporte urbano, a empresa informou apenas que os coletivos estão à disposição dos condutores. A viação também não esclareceu como serão pagos os direitos trabalhistas referentes às rescisões dos contratos.
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 26 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/