Quarta, 27 Outubro 2021

Três já manifestam interesse em tentar presidência da Casa

Três já manifestam interesse em tentar presidência da Casa

Os dois vereadores reeleitos do PV, Léo da Padaria e Thiago Martins, e a mais votada entre as mulheres, a novata Nathália Camargo (Avante), declararam

Os dois vereadores reeleitos do PV, Léo da Padaria e Thiago Martins, e a mais votada entre as mulheres, a novata Nathália Camargo (Avante), declararam interesse em concorrer à presidência da Câmara.

O atual presidente da Casa é Luiz da Rodaben (Cidadania), que foi reeleito vereador. Ele também é cotado, mas não respondeu à reportagem se pretende se candidatar. O regimento interno da Câmara só não permite a reeleição de um presidente dentro da mesma legislatura.

A reportagem questionou a assessoria do prefeito eleito Chico Sardelli (PV) se ele fará alguma indicação. Em nota via assessoria, Chico disse que "a decisão de presidência da Câmara cabe aos vereadores eleitos". Antes de Rodaben, no primeiro biênio da atual legislatura, o presidente foi Alfredo Ondas (MDB).

Thiago Martins é o nome que circula que teria apoio para assumir a presidência. No dia 1º de janeiro os 19 vereadores eleitos decidirão em voto aberto quem assume o cargo. Dez votos garantem a presidência. Thiago conversou com a reportagem e confirmou.

"É natural, a eleição da Mesa Diretora, natural eu ser candidato à presidência, até mesmo pela experiência com a reeleição. Acredito que fique entre os vereadores do PV, então vejo que neste primeiro biênio posso ser eu. Não sei se o Léo da Padaria tem a pretensão, não conversei com ele ainda após as eleições. Se ele tiver acredito que fica entre nós", declarou.

Léo da Padaria disse que também quer ser o presidente da Câmara. "Minha passagem pela Mesa Diretora como primeiro-secretário no biênio 2019-2020 me aproximou dos trâmites administrativos da Câmara e isso, acredito, seria benéfico para todos em um período no qual teremos uma grande renovação no quadro do Poder Legislativo".


NATHÁLIA

Candidata mais votada das duas últimas eleições municipais, a vereadora eleita Nathália Camargo pretende ser a primeira mulher a presidir o Legislativo de Americana. Segundo a assessoria de Nathália, ela já iniciou conversas com os demais vereadores eleitos.

Em sua primeira disputa, em 2016, mesmo sendo a quarta mais votada da cidade, Nathália, que é advogada, não conseguiu a vaga devido ao quociente eleitoral. Nathália afirma estar mais experiente e com bagagem política maior, pronta para o cargo.

"Em 2021 teremos a legislatura com maior representação feminina de todos os tempos, os Estados Unidos terão pela primeira vez uma vice-presidente mulher, acredito que seja o momento ideal para Americana superar esse histórico", comentou Nathália.

A advogada afirma que sua intenção, caso presida a Casa, é levar o legislativo próximo da população, atuante nos problemas da cidade e focado em sua função de agente fiscalizador.

"Quero mostrar aos meus colegas vereadores que além da minha formação e da minha experiência como advogada, pretendo levar à presidência a sensibilidade das mulheres e como a Câmara Municipal pode estar mais presente no dia a dia das pessoas".

Os outros postulantes ao cargo comentaram a intenção de Nathália, de em seu primeiro mandato como vereadora, tentar ser presidente. "Acredito que a presidência não fique na mão de nenhum dos novatos, por conta da experiência. Não conhecem sequer o regimento interno da Casa. Seria ruim já pegar a presidência de cara no primeiro biênio. Tem que entender um pouco os trâmites da Casa, como funciona o trabalho do Legislativo", afirmou Thiago Martins.

Léo da Padaria disse encarar de forma tranquila e julga legítimo "novatos" manifestarem desejo de presidir a Câmara. "Em especial aqueles que trouxerem da iniciativa privada algum tipo de experiência administrativa. Embora seja preciso deixar claro que as formas de administrar recursos privados e públicos sejam distintas em diversos aspectos", afirmou.

O vereador destacou a importância da experiência na administração do setor público, "no qual todos os recursos são provenientes de impostos e, principalmente por isso, precisam ser bem gerenciados".

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 27 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/