Sábado, 16 Outubro 2021

Zoonoses resgata 15 cães em situação de maus-tratos em Nova Odessa

Zoonoses resgata 15 cães em situação de maus-tratos em Nova Odessa

Agentes do Setor de Zoonoses da Prefeitura de Nova Odessa resgataram 15 cães em situação de maus-tratos e encontraram aves silvestres e galos da raça

Agentes do Setor de Zoonoses da Prefeitura de Nova Odessa resgataram 15 cães em situação de maus-tratos e encontraram aves silvestres e galos da raça índio, em uma operação deflagrada na tarde desta terça-feira (10) no município. A ação, realizada a partir de denúncias anônimas, contou com participação de membros da AAANO (Associação Amigos dos Animais de Nova Odessa) e das polícias Civil e Militar Ambiental.

As apreensões ocorreram em quatro endereços localizados nos bairros Jardim Marajoara, Parque Fabrício e Jardim Planalto. Nos três primeiros endereços, os funcionários da prefeitura encontraram cães em condições totalmente insalubres. “Os animais viviam em terrenos sujos, cheios de mato, sem água, comida e cobertura. Alguns estavam feridos e muito magros”, explicou a coordenadora do Setor de Zoonoses, a veterinária Paula Faciulli.

De acordo com a veterinária, em um dos locais, os cães se alimentavam de lavagem (mistura de restos de alimentos usada na alimentação de porcos). “Nós chegamos aos locais por meio da reclamação de vizinhos, que nos disseram que o dono não cuidava dos animais e eles acabam dando água e comida a eles”, afirmou a veterinária.

Segundo ela, a maioria dos cães resgatados é da raça perdigueiro e nenhum deles foi castrado. No último local visitado, no Jardim Marajoara, além de um cachorro e uma cadela prenha, foram encontrados aproximadamente 30 gaiolas com aves silvestres e 15 galos da raça índio.

REMOÇÃO

Até as 18h desta terça, a Polícia Militar Ambiental e agentes do Setor de Zoonoses de Nova Odessa ainda estavam no local, trabalhando no levantamento e na remoção dos animais. O responsável pode ser autuado por crime de maus-tratos a animais e por manter aves silvestres em cativeiro sem autorização.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 16 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/