Quarta, 04 Agosto 2021

Que tal uma cervejinha inglesa para esquentar?

Clube GourmetCerveja

Que tal uma cervejinha inglesa para esquentar?

Dicas de como escolher e harmonizar os estilos ingleses 

Dentro dos inúmeros estilos de cervejas, também existem as ideais para beber no outono e no inverno. E este universo é tão amplo, que precisei dividir o assunto em duas colunas. Nesta, vou explicar e dar dicas de como escolher e harmonizar os estilos ingleses. Na próxima falarei das belgas, alemães e americanas.

As cervejas escuras combinam perfeitamente com os dias mais frios. Elas precisam ser degustadas com calma e na temperatura ideal, entre 9°C e 13°C. São potentes e complexas, com muitas notas de frutas vermelhas, frutas passas, torrado, toffee, café, chocolate e baunilha: uma infinidade de aromas e sabores, vindos da variedade de maltes caramelizados e torrados. Por serem mais alcoólicas, acima de 8%, trazem aquele calor aconchegante para o nosso corpo.

Como cervejeiro e grande apreciador de cerveja, sou alucinado pelas cervejas belgas, que nos proporcionam inúmeros sabores e aromas provenientes tanto da composição dos maltes quanto do tipo de fermentação. A maioria delas também é maturada em barris de madeira por meses e anos.

No universo cervejeiro, as cervejas seguem padrões e características para cada estilo. Cada um possui características e padrões, como cor, nível de amargor e graduação alcoólica e, assim, não perdem a sua a sua história de origem. Dois guias são reconhecidos no mundo todo: o BA (Brewers Association) e o BJCP (Beer Judge Certification Program).

A RIS (Russian Imperial Stout) é um estilo de cerveja que surgiu na Inglaterra, feito pela cervejaria Thrale no século XVIII e exportado para a corte de Catarina II da Rússia. É extremamente encorpada, com uma variedade de maltes torrados, amargor alto e bem alcoólica - sempre acima dos 9%. O equilíbrio desses três componentes a deixam interessante para acompanhar uma sobremesa como uma torta de chocolate com morangos.

Já a Barley Wine também é uma cerveja que merece destaque, bem encorpada e maltada, maturada em barris de madeira por no mínimo 8 meses, podendo chegar a anos, o que a torna quase que um licor, lembrando muito um vinho do porto. Acompanha muito bem um prato de inverno, como uma rabada com polenta ou uma sobremesa, como um pudim de doce de leite.

Valorize e nunca deixe de beber uma boa cerveja.

Saúde e até mais!!! 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 05 Agosto 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/