Domingo, 26 Junho 2022

Banho Animal!

Blog do Tic TacLimpeza

Banho Animal!

É preciso tomar alguns cuidados para manter em dia a saúde do animal

Com as altas temperaturas dos últimos dias, um banho para aliviar o calor é uma boa dica para os pets. Mas é preciso tomar alguns cuidados para manter em dia a saúde do animal.

A frequência de banhos deve estar de acordo com as necessidades do seu amigão. Sempre é importante ouvir o médico veterinário para adequar o banho à rotina do pet. Se o banho for realizado em um Petshop ou em espaços especializados é preciso analisar e ter referências sobre a empresa.

Caso o banho seja em casa, alguns cuidados devem ser tomados para não prejudicar do cão ou gato. Se liga nas dicas do Médico Veterinário e coordenador do curso de Medicina Veterinária da FAM, Alberto França.

Água em temperatura morna

Usar chuveirinho para evitar água nos ouvidos

Proteja olhos e ouvidos. Nos ouvidos fazer a proteção com algodão e retirar logo após o banho com uma limpeza no local

Utilizar produtos como shampoo e sabonetes neutros específicos para pet

Cuidado ao secar o animal com secador. O uso de maneira incorreta pode ocasionar queimaduras na pele do pet. Sendo assim, sempre teste no dorso da mão a temperatura e mantenha uma distância de pelo 10 a 15 centímetros de distância do local.

Cuidado com o uso de produtos para desembaraçar os pelos dos pets. Tenha sempre orientação de um médico veterinário.
Uso de perfumes pode irritar o animal. Não abuse.

A frequência não deve ser inferior a sete dias. Cães com muito pelo (pelos densos) como, por exemplo, Husky Siberiano, Pastor Alemão, Shar-pei e Chow-chow devem ter intervalo entre banhos entre 15 e 30, mas associado a escovações no mínimo, semanais.
No inverno, a quantidade de banhos deve ser reduzida para prevenção de quadros respiratórios e alérgicos. Em filhotes, os banhos devem ser iniciados apenas após o término do protocolo de vacinação. Antes disso, podem-se utilizar produtos para banho seco e escovações semanais.

"Seguindo essas dicas na rotina de cuidados com o pet, o animal vai se sentir melhor. E claro, avaliar se o ambiente em que o animal está circulando está muito quente, evite sair para um passeio em horários de sol forte e muita hidratação", disse Alberto França.

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/