Quarta, 17 Agosto 2022

Febre Maculosa – Zoonose

Blog do Tic TacZoonose

Febre Maculosa – Zoonose

Se eles falassem, pediriam para ir ao Médico Veterinário – Parte II 

A doença é transmitida por esses carrapatos, que funcionam como reservatórios da bactéria Rickettsia rickettsii (Foto: Divulgação)

Neste segundo capítulo da série "Se eles falassem", o assunto é a conhecida febre maculosa, uma doença perigosa transmitida por carrapatos. Bora curtir mais este material do curso de veterinária da FAM?

Zoonose é toda doença que pode ser transmitida tanto para cães quanto para humanos. Por isso, inúmeras enfermidades exigem tratamento profundo antes de o tutor voltar a ter contato com seu pet.

A febre maculosa é uma doença infecciosa, febril aguda e de gravidade variável. Ela pode variar desde as formas clínicas leves e atípicas até formas graves, com elevada taxa de letalidade.

A febre maculosa é causada por uma bactéria do gênero Rickettsia, transmitida pela picada do carrapato. A capivara é um dos hospedeiros do carrapato-estrela (Amblyomma cajennense), o qual transmite a doença Febre Maculosa Brasileira (FMB).

A doença é transmitida por esses carrapatos, que funcionam como reservatórios da bactéria Rickettsia rickettsii, que são micro-organismos que causam a doença.

A Febre Maculosa Brasileira é uma zoonose emergente causada por bactérias do gênero Rickettsia, transmitidas pela picada de carrapatos, pulgas, piolhos e ácaros infectados, podendo ser fatal se não diagnosticada corretamente, sendo os cães considerados sentinelas.

Febre maculosa: Causa febre alta, rigidez, respiração difícil, vômito, diarreia, edema na pata e no focinho, e, finalmente, sangramento nasal, na urina e nas fezes. Para que se fique infectado, o carrapato precisa sugar no mínimo quatro horas.

Sintomas Iniciais Inespecíficos da Doença do Carrapato:

1- Febre
2- Dor de cabeça (que pode ser intensa ou não)
3- Mal-estar
4- Mialgia (dor muscular)
5- Artralgia (dor nas articulações, juntas)
6- Náuseas, vômitos
7- Diarreia

Procure sempre o Médico Veterinário. O tratamento é realizado por antibióticos. Febre repentina de 40 graus ou mais, pode confundir o diagnóstico, sendo necessário exames complementares.

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/