Domingo, 07 Agosto 2022

Morre Lizzie Bravo, que gravou com nata da MPB e Beatles

CulturaMúsica

Morre Lizzie Bravo, que gravou com nata da MPB e Beatles

Cantora deixou a sua voz na "Across the Universe", considerada por John Lennon uma das melhores 

Fã | Lizzie Bravo passava dias em frente ao estúdio da banda (Foto: Divulgação)
Ivan Fiinotti
Folhapress


Lizzie Bravo, que morreu nesta segunda (4), aos 70 anos, foi uma em milhões. Cantora, colaborou com nomes da MPB como Milton Nascimento e Zé Ramalho, foi casada e teve uma filha com Zé Rodrix e, o mais fascinante, deixou sua voz na canção "Across the Universe", dos Beatles.

Essa história, conta sua filha, a também cantora e atriz Marya Bravo, começa em 1967. Naquele ano, em vez de ganhar uma festa de formatura aos 16 anos, Lizzie preferiu pedir aos pais uma passagem para Londres. "Já no dia em que chegou lá, ela foi para Abbey Road", diz Marya, referindo-se ao estúdio onde os Beatles gravaram todas as suas canções.

Durante seu período de três anos na capital inglesa, Lizzie ia praticamente todos os dias para a porta do estúdio, onde se reunia com outras fãs que batiam ponto no local. Foram apelidadas de "apple scruffs" -e, anos depois, homenageadas por George Harrison em uma canção com esse nome, no primeiro disco solo do guitarrista, em 1970.

"Lizzie contava que, do lado de fora, acompanhou as gravações de 'Sgt Pepper's' e do 'Álbum Branco', pois o som muitas vezes vazava para a rua. Por estarem lá todos os dias, pediam autógrafos, tiravam fotos com eles, se tornaram caras conhecidas", conta a filha.

Mas o melhor aconteceu em fevereiro de 1968. Paul McCartney saiu do estúdio e perguntou às adolescentes sentadas na porta: "Alguma de vocês consegue sustentar uma nota bem aguda?". Lizzie e uma inglesa chamada Gayleen Pease, morta neste ano, aos 71 anos, se ofereceram. A canção era "Across the Universe", que John Lennon considera uma das melhores que já escreveu.

As duas passaram o dia lá dentro cantando o refrão "nothing's gonna change my world", em uma rara situação em que os Beatles chamaram alguém de fora do grupo para colaborar em uma música. A produção foi do quinto Beatle, George Martin. 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/