Quarta, 25 Mai 2022

Super-heróis em casa

Culturana telinha

Super-heróis em casa

Novo filme da Marvel com alienígenas que protegem humanidade pode ser visto em plataforma de streaming

Makkari, a super-heroína surda (Foto: Divulgação)
O Universo Cinematográfico Marvel não para de se expandir. "Eternos", filme de Chloé Zhao, vencedora do Oscar de melhor direção por "Nomadland", introduz um grupo de novos super-heróis. São seres alienígenas que protegem a humanidade há milênios.

Quem ainda tem receio de voltar a frequentar os cinemas após a reabertura e agora com a nova cepa a Covid infectando um número maior de pessoas, já pode assistir ao 26º filme do Universo Cinematográfico Marvel (MCU) em casa. Eternos, que estreou nas salas de exibição em novembro do ano passado, chega nesta quarta-feira (12) ao catálogo da plataforma de streaming Disney e ainda conta com algumas cenas inéditas.

O filme é baseado nos quadrinhos criados por Jack Kirby nos anos 1970 e introduz no MCU o grupo batizado de Eternos, uma raça de alienígenas com superpoderes criada pelos deuses cósmicos chamados Celestiais. Há 7 mil anos, eles vivem absolutamente em segredo na Terra, assumindo a missão de proteger os terráqueos dos monstruosos Deviantes, os alienígenas do mal. O grupo vive escondido há milhares de anos, sem intervir em problemas humanos. No entanto, quando os Deviantes ameaçam acabar com a humanidade, eles devem deixar seus esconderijos para salvar o mundo.

Mas não é só de alienígenas do bem e do mal que Eternos é feito: também há um elenco estelar. Sob direção da oscarizada Chloé Zhao, vencedora dos Oscar de melhor filme e direção por Nomadland, dividem a tela nomes como Angelina Jolie, Salma Hayek, Richard Madden, Kit Harington, Kumail Nanjiani, Barry Keoghan e Brian Tyree Henry.

A primeira vez dos grandões de Hollywood no MCU não é o único ineditismo trazido pelo filme, marcado por uma série de outras primeiras vezes animadoras. É em Eternos, por exemplo, que assistimos ao primeiro beijo gay da Marvel protagonizado por Phastos (Brian Tyree Henry) e Ben (Haaz Sleiman), os dois personagens que também formam a primeira família homoparental do Universo Cinematográfico Marvel, que agora começa a acenar para a diversidade.

E por falar em diversidade, outro aceno é a introdução da primeira super-heroína surda do MCU. Trata-se da velocista Makkari, vivida por Lauren Ridloff, que também é surda. Na trama, a surdez de Makkari é mostrada como característica, não deficiência outro acerto de Eternos.

E um dos momentos de cenas inéditas é uma conversa entre Makkari e Sprite (Lia McHugh), em que as duas conversam sobre o valor da humanidade. Nessa conversa, são citados os eventos de "Vingadores: Guerra Infinita" e "Ultimato". 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 25 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/