Sexta, 28 Janeiro 2022

Santa Bárbara d'Oeste atrai atacadistas

Aniversário de Santa Bárbara d’OesteEXPANSÃO

Santa Bárbara d'Oeste atrai atacadistas

 Cidade se consolida como novo polo logístico da Região Metropolitana de Campinas

Mais vagas: Inauguração de mais uma rede ‘atacarejo’ (Foto: Divulgação)

Impulsionada pelo desenvolvimento ocorrido a partir da expansão da rodovia dos Bandeirantes, no início dos anos 2000, Santa Bárbara d'Oeste começa a colher os frutos dessa localização estratégica, 20 anos depois. A cidade se tornou atrativa para grandes empresas do ramo atacadista de alimentos e também de logística, por estar localizada no entroncamento de duas importantes rodovias estaduais: a própria Bandeirantes e a SP-304 (Luís de Queiróz), facilitando o escoamento de produtos até a capital e o porto de Santos, por meio da rodovia Anhanguera; e também para a região de Piracicaba e a hidrovia Tietê-Paraná.

Os empreendimentos do ramo atacadista e de varejo, os "atacarejos", se instalaram nas proximidades da avenida Santa Bárbara, na divisa com Americana. Somente nos últimos anos, quatro novas bandeiras iniciaram suas atividades. E, segundo a prefeitura, uma quinta rede supermercadista já demonstrou interesse em construir sua planta em área nas proximidades do córrego Mollon.

"Somos protagonistas na região. Sem sombra de dúvidas, a nossa cidade é a mais preparada para a instalação de novos negócios", comentou o prefeito Rafael Piovezan, durante cerimônia de inauguração de uma rede atacadista.

Segundo a direção de uma dessas redes, "Santa Bárbara d'Oeste é uma cidade com acesso a um amplo sistema viário, o que a conecta a diferentes parques industriais, além de um aquecido setor de comércios e serviços. Por isso, esta nova loja possibilita um acesso facilitado para o abastecimento de fábricas da região, assim como comerciantes e consumidores locais".

Como exemplo dessas facilidades, no mês passado foi inaugurado o Entreposto de Carnes de uma rede de supermercados, que já é considerado o maior do Estado de São Paulo. Com 8.500 m² de capacidade produtiva, o frigorífico foi construído dentro do Complexo Administrativo e Logístico da rede, localizado na Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304). Com um investimento de R$ 150 milhões e 200 mil m², o Complexo terá ainda um autoposto e uma loja autônoma, o que significa mais empregos à vista.
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 28 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/