Terça, 28 Setembro 2021

Nova Hilux: a bruta mais completa

Nova Hilux: a bruta mais completa

O segmento de picapes médias recebeu mais um modelo renovado. A Toyota apresentou na terça (17) a linha 2021 da Hilux, que é produzida na Argentina. O

O segmento de picapes médias recebeu mais um modelo renovado. A Toyota apresentou na terça (17) a linha 2021 da Hilux, que é produzida na Argentina.

Os preços partem de R$ 145,4 mil nas versões com cabine dupla. É o valor pedido pela opção SR com motor flex, tração 4×2 e câmbio automático de seis marchas.

Há mudanças de estilo e novos equipamentos. Com a evolução dos concorrentes, a robustez não é suficiente para garantir uma boa colocação entre os modelos mais vendidos.

A picape Toyota tem novos amortecedores nas versões com cabine dupla e mais potência nas opções a diesel, que passaram de 177 cv para 204 cv. Já a Hilux flex 2021 mantém o conjunto mecânico e chega a 163 cv quando abastecida com etanol.

O novo sistema multimídia é compatível com smartphones por meio dos aplicativos Apple Carplay e Android Auto. A tela de oito polegadas é sensível ao toque.


SEGURANÇA

A versão SRX (R$ 242 mil) é equipada com o sistema Safety Sense, que utiliza sensores para monitorar o trânsito adiante, emite alertas em caso de colisão iminente e pode parar o carro em caso de emergência. Todas as versões cabine dupla trazem sete airbags.

O modelo mais completo da linha Hilux tem ainda o controlador de cruzeiro adaptativo, que permite acompanhar o ritmo do trânsito na estrada sem que o motorista precise acelerar ou frear.

A Hilux foi lançada no Japão em 1968. A picape da Toyota chegou ao Brasil no início dos anos 1990, quando já estava em sua quinta geração.

O utilitário esportivo SW4 será a próxima novidade. O modelo, que também é produzido na Argentina, será apresentado ainda em novembro.

Para 2021, o principal lançamento será o SUV Corolla Cross , que será produzido em Sorocaba (SP).



[caption id="attachment_69263" align="aligncenter" width="1024"] Toyota | Nova Hilux, fabricada na Argentina, chega renovada em sua linha 2021, com preços a partir dos R$ 145 mil nas versões de entrada, com cabine dupla (Foto: Folhapress)
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 29 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/