Quarta, 04 Agosto 2021

Projeto PoliRetribua oferece bolsas de apoio a alunos politécnicos em situação de vulnerabilidade

EspeciaisUSP

Projeto PoliRetribua oferece bolsas de apoio a alunos politécnicos em situação de vulnerabilidade

 Surgido em 2017, o projeto oferece bolsas de permanência e mentoria para cerca de 230 alunos da Escola Politécnica da USP

O Projeto Retribua contempla alunos do primeiro e do segundo ano (Foto: retribua.org)

O projeto PoliRetribua surgiu em 2017 na Escola Politécnica (Poli) da USP e conta com uma associação de engenheiros politécnicos, assim como com outras pessoas que nutrem vínculos com a escola, para acolher e apoiar alunos politécnicos em situação de vulnerabilidade. O professor da Poli e coordenador do projeto Marcos Rodrigues detalha ao Jornal da USP no Ar 1ª Edição que a iniciativa partiu da necessidade de prover mentoria como apoio complementar às bolsas que eram concedidas aos alunos e, de início, o PoliRetribua contava com menos de 20 pessoas. "Hoje, temos 130 mentores ativos que oferecem mentoria a 230 alunos", afirma o professor.

Rodrigues explica que o projeto contempla alunos do primeiro e do segundo ano, "que são épocas mais turbulentas em que eles estão conhecendo a Poli". Para esses alunos, são oferecidas bolsas de um ano e mentoria, que se estende até a conclusão do curso. Uma novidade do projeto é a preparação de carreira com o Talentos Retribua, uma iniciativa conduzida por um grupo de mentores com apoio de algumas empresas, capacitação em temas como habilidades sociais, dinâmicas de grupo, comportamento em entrevistas, linha da vida, preparação de currículos etc. "São coisas complementares à mentoria, então é um kit bastante bom como apoio ao aluno ao longo do curso", afirma Rodrigues.

Qualquer aluno politécnico, oriundo de escola pública, está elegível para o benefício. Já o perfil do mentor, segundo o professor Marcos Rodrigues, "é alguém que se sente agradecido pela formação que recebeu, são engenheiros que atuam nas mais variadas áreas da tecnologia, economia, administração e indústria e são pessoas empáticas. Não são todos politécnicos, mas, de alguma forma, estão ligados à escola. Tem pais de alunos, cientistas, matemáticos etc.". Ao se interessar, o aspirante a mentor deve acessar o site www.retribua.org, na aba "seja um mentor", se inscrever, dar informações sobre ele, sua carreira e seus interesses para receber um treinamento.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 05 Agosto 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/