Quinta, 02 Dezembro 2021

Campanha para reforma do Décio Vitta não empolga

Campanha para reforma do Décio Vitta não empolga

A 19 dias do final da cam­panha de financiamento co­letivo para viabilizar reformas no estádio Décio Vitta, em Americana, a direção do Rio Branco obte
A 19 dias do final da cam­panha de financiamento co­letivo para viabilizar reformas no estádio Décio Vitta, em Americana, a direção do Rio Branco obteve apenas 0,25% do total pretendido, que é de R$ 52,5 mil.

A campanha começou no dia 05 de novem­bro do ano passado e será encerrada no dia 03 de feve­reiro e terá duração total de 90 dias. Por enquanto, o clube arrecadou R$ 134, doados por três pessoas.

Na página de financiamento coletivo, Catarse, o clube ex­plica o destino dos recursos.

“Na primeira fase, pretende­mos reformar o telhado do estádio, estrutura que prote­ge os torcedores das cadeiras numeradas, tribunas, cabines das equipes de reportagens e transmissão, sala de troféus, banheiros e área de alimenta­ção”, afirma o texto colocado na página do site.

A intenção é a colocação de 150 telhas de zinco, além da restauração de fissuras e o reboco das vigas dos tetos.

O presidente do Rio Bran­co, Valdir Ribeiro da Silva afirmou que conversará com o autor do projeto, Rodrigo Ferraz para tomar uma de­cisão sobre qual o melhor caminho, se a extensão do prazo da campanha de fi­nanciamento coletivo ou a construção de um novo projeto.

“A expectativa é que teríamos uma boa aceitação por parte da torcida e em­presários, mas infelizmente não foi isso que aconteceu”, afirmou o dirigente do Tigre.

“Mas a ideia é fazer a reforma para que possamos entregar tudo em ordem para o próxi­mo presidente”, explicou.

Enquanto os recursos para reforma não são obtidos, a diretoria do Tigre corre contra o tempo para liberar totalmente o estádio para a utilização do Atibaia na Sé­rie A-2.

Ainda falta encami­nhar o laudo de aprovação da Polícia Militar.

Diante disso, a estreia do Atibaia na segundona re­gional como mandante será no dia 20 de janeiro, contra o Linense, no estádio Major José Levy Sobrinho, em Li­meira.

TREINADOR
A diretoria do Rio Branco pretende anunciar ainda nes­ta semana o nome do novo técnico para a disputa da Sé­rie B do Campeonato Paulista, a Bezinha, cujo início deverá ocorrer em abril.

De acordo com o gerente de futebol, Tiago Bernardi, o processo de nego­ciação está avançado.

“Temos um nome de preferência e que já fizemos algumas reuniões. Está quase 90% fechado. Mas enquanto não estiver tudo as­sinado e decidido a gente não quer falar”, afirmou ao TODODIA.

Só com o técnico presente, o dirigente irá sair em busca de contratações, que deverão obedecer ao regulamento da competição, que privilegia atletas Sub-23.

Mas o campo de observação feito na Copa São Paulo foi prejudica­do pela questão financeira.

“Nós estivemos em um jogo do Velo Clube e um jogador chamou nossa atenção, mas ele já tinha sido procurado por observadores de Flamen­go e Fluminense. Assim fica difícil competir”, completou.
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 02 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/