Terça, 26 Outubro 2021

Cruzeiro pede adiamento de semi da Copa do Brasil

Cruzeiro pede adiamento de semi da Copa do Brasil

A proximidade de datas entre um dos amistosos da seleção brasileira e as semifinais da Copa do Brasil desagradou ao Cruzeiro. Em comunicado divulgado
A proximidade de datas entre um dos amistosos da seleção brasileira e as semifinais da Copa do Brasil desagradou ao Cruzeiro. Em comunicado divulgado ontem, em seu site oficial, a diretoria do clube mineiro informou que pedirá junto à CBF e aos detentores de transmissão de TV o adiamento do jogo de ida contra o Palmeiras em um dia.

O zagueiro Dedé foi um dos 24 convocados pelo técnico Tite para os amistosos contra Estados Unidos (em 7 de setembro, em Nova Jersey) e El Salvador (no dia 11, em Washington). Um dia depois ao segundo compromisso da seleção, está previsto o primeiro duelo da semifinal com o Verdão, em local a ser definido pela CBF. Por conta disso, o defensor seria desfalque certo do Cruzeiro na partida.

Na nota, os dirigentes mineiros citam o Artigo 1º do Regulamento Geral de Competições da CBF como argumento para reforçar que o desfalque provocado pela seleção fere os princípios que regem os torneios organizados pela entidade.

"Buscando pela imparcialidade, credibilidade e igualdade na disputa, baseando-se inclusive no Art. 1º do RGC - Regulamento Geral das Competições, Itair Machado (vice de futebol do Cruzeiro) está em contato com a Confederação Brasileira de Futebol e com a detentora dos direitos de transmissão da Copa do Brasil solicitando que a partida de ida entre Cruzeiro e Palmeiras seja realizada na quinta-feira, 13 de setembro, com o objetivo de atenuar, ainda que de forma parcialmente satisfatória, a diferença de tratamento dada aos dois clubes na convocação divulgada nesta sexta-feira", diz a parte final do comunicado.

"Se por um lado a notícia da volta de Dedé à seleção brasileira foi motivo de felicidade para todos que convivem com o profissional no dia a dia do Clube, por outro, a convocação do zagueiro trouxe para a diretoria do Cruzeiro Esporte Clube uma grande preocupação esportiva", afirma a nota.

O fato de o Palmeiras não ter nenhum jogador entre os 24 escolhidos para defender o Brasil nos amistosos de setembro também foi citado pelo Cruzeiro como mais um motivo que torna o embate desigual.

"Na ótica da diretoria estrelada, a ausência de um dos principais jogadores da equipe pode trazer grandes prejuízos técnicos ao time, que luta pelo hexacampeonato da competição, e desequilibra a disputa com o Palmeiras. O adversário celeste foi a única das quatro equipes que ainda disputam o título a não ter sequer um atleta convocado, mesmo que o meia Dudu, por exemplo, tenha sido pré-selecionado pelo técnico Tite para a última Copa do Mundo, na Rússia", prossegue o comunicado.

Para o vice-presidente de futebol do Brasil, a CBF cria uma postura antidesportiva ao desequilibrar as forças das equipes em um torneio que oferece premiação alta -no caso da Copa do Brasil, R$ 50 milhões ao campeão.

"Tem muito dinheiro em jogo nesta fase da Copa do Brasil, e só o Cruzeiro foi prejudicado neste duelo. Isso nos deixa com muitas dúvidas sobre os motivos deste tipo de decisão", alertou Itair Machado.

Corinthians e Flamengo, os outros semifinalistas da competição nacional, também tiveram jogadores convocados por Tite nesta sexta-feira: o lateral Fagner, pelo lado alvinegro, o meia Lucas Paquetá e o goleiro Hugo, da parte rubro-negra, sendo que o arqueiro é sub-20.
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 26 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/