Quarta, 22 Setembro 2021

Pressionado, Corinthians tem atuação amarrada e só empata com o Bahia

EsportesBrasileirão

Pressionado, Corinthians tem atuação amarrada e só empata com o Bahia

De forma pacífica, os corintianos fizeram várias reivindicações 

Bahia x Corinthians (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)
Um dia após torcedores organizados protestarem em frente ao Parque São Jorge, o Corinthians voltou a ter uma atuação fraca neste domingo (20) e não foi além de um empate sem gols com o Bahia, no estádio Pituaçu, em Salvador, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

De forma pacífica, os corintianos fizeram várias reivindicações, entre elas, cobraram mais contratações. O presidente Duílio Monteiro Alves afirmou que o protesto foi legítimo e que a diretoria trabalha para buscar novas peças para reforçar o elenco.

O jogo com o Bahia mostrou, mais uma vez, que com o plantel atual da equipe corintiana não deve ir longe no Nacional e tende a brigar na parte de baixo da tabela.

Soma, por enquanto, apenas cinco pontos em cinco jogos, com uma vitória, dois empates e duas derrotas.
Ainda que tenha tido dois desfalques importantes, Luan e Gustavo Mosquito, o Corinthians não sofreu só com as ausências deles, mas também com a falta de ímpeto dos atletas que estavam em campo.

O meia ficou fora por causa de dores musculares, enquanto Mosquito foi liberado da partida após a morte do pai dele na última quinta-feira (17), vítima da Covid-19. Neste fim de semana, o Brasil passou da marca de 500 mil vidas perdidas para o novo coronavírus.

A dupla havia sido titular em todos os jogos sob o comando do técnico recém-contratado. Sem eles, Jô e Ramiro foram titulares, o que obrigou Sylvinho a mudar o esquema e voltar a ter um centroavante na frente do ataque.

Sem mobilidade, participando pouco da criação das jogadas e bem marcado, Jô pouco conseguiu fazer no primeiro jogo dele como titular no sétimo duelo do treinador à frente da equipe.

Não que a atuação dele tenha sido uma exceção no time alvinegro. Do meio de campo campo para frente, com raros momentos mais lúcidos, os jogadores se limitavam a tocar a bola com pouca objetividade.

No máximo, no segundo tempo, o time deu algum trabalho ao goleiro Matheus Teixeira com cruzamentos pela direita. Na melhor oportunidade, o lateral Matheus Bahia chegou antes de Jô finalizar.

Ainda pressionado, o Corinthians volta a campo na próxima quinta-feira (24), quando vai enfrentar o Sport, na Neo Química Arena, em Itaquera.

BAHIA
Matheus Teixeira, Renan Guedes, Conti, Juninho e Matheus Bahia; Patrick de Lucca (Jonas), Thaciano (Thonny Anderson) e Daniel; Rossi (Maycon Douglas), Rodriguinho e Gilberto (Óscar Ruiz). Técnico: Dado Cavalcanti.

CORINTHIANS
Cássio, Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Gabriel, Roni (Vitinho) e Cantillo; Ramiro (Adson), Mateus Vital (Araos) e Jô (Cauê). Técnico: Sylvinho.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 0 x 0 CORINTHIANS
Data: 20/06/2021
Local: Estádio do Pituaçu, em Salvador (BA)
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Cartões amarelos: Matheus Bahia (BAH); Roni, Gabriel, Ramiro (COR) 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 22 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/