Sexta, 26 Novembro 2021

Santos reverte placar, mas cai nos pênaltis

Santos reverte placar, mas cai nos pênaltis

O Santos conseguiu bater o Cruzeiro, no Mineirão, de virada, por 2 a 1, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, mas saiu com gosto
O Santos conseguiu bater o Cruzeiro, no Mineirão, de virada, por 2 a 1, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, mas saiu com gosto de derrota de Belo Horizonte após falhar na cobrança de pênaltis e ser eliminado com derrota por 3 a 0.

O time mineiro vai encarar na semifinal o vencedor da partida entre Palmeiras e Bahia, que acontece hoje, às 19h15, no estádio do Pacaembu, em São Paulo. No jogo de ida, em Salvador, os clubes ficaram no empate sem gols.

Para conseguir levar o duelo para os pênaltis, a equipe da Vila Belmiro precisou quebrar um jejum de dez jogos sem triunfar. Antes de bater os cruzeirenses a equipe somava quatro derrotas e seis empates.

A última vitória havia sido contra o Fluminense, pelo Brasileiro, no dia 13 de junho, antes da parada da competição para a Copa do Mundo.

O resultado também fez os paulistas quebrarem outro tabu: a última partida em que a equipe havia feito dois ou mais gols tinha sido na goleada sobre o Vitória por 5 a 2, pelo Brasileiro, na Vila Belmiro, no dia 3 de junho.

Os primeiros minutos do duelo já trouxeram um problema ao técnico do Santos, Cuca. Logo aos 6 minutos, Luiz Felipe sentiu a coxa esquerda e foi substituído por Gustavo Henrique. A alteração fez com que os paulistas ganhassem na jogada aérea, mas perdessem em qualidade nos lances de velocidade.

O primeiro gol foi do Cruzeiro, aos 11 minutos, anotado por Thiago Neves. Os paulistas conseguiram achar a igualdade, aos 41 minutos. Dodô serviu Gabriel, pelo meio, na intermediária. O atacante dominou com liberdade e, de perna esquerda, chutou rasteiro no canto esquerdo do goleiro Fábio, que não conseguiu evitar o gol.

A virada veio aos aos 38 minutos do segundo tempo, em bela jogada tramada pelo ataque visitante. Rodrygo recebeu passe de Gabriel na direita e cruzou para Bruno Henrique, de cabeça, mandar no ângulo direito de Fábio.

No final, ainda houve confusão porque o árbitro Rodolpho Toski encerrou o jogo no meio de um contra-ataque do Santos. Gabriel partia livre em direção à área do Cruzeiro. Cuca, desesperado, chegou a invadir o gramado. Na confusão, o goleiro Vladimir foi expulso.

Na decisão por pênaltis brilhou a estrela de Fábio. Ele pegou as cobranças de Bruno Henrique, Rodrygo e Jean Mota. Lucas Silva, Raniel, David converteram para o Cruzeiro.
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 27 Novembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/