Terça, 28 Junho 2022

Aprendendo com Paulo

Aprendendo com Paulo

Por Ailton Gonçalves

Na vida deixamos de ensinar. De aprender, nunca. Vivendo e aprendendo, diz o adágio da sabedoria popular. Assim é que, na minha caminhada pastoral, tenho aprendido com os pais apostólicos. Mais precisamente com o apóstolo dos gentios, Paulo de Tarso.

Desejo compartilhar neste espaço o que tenho aprendido com ele.

Primeiro, aprendi com Paulo que nós devemos lutar por aquilo que vale a pena lutar. Escreveu ele: "Combati o bom combate...". Ele não lutou qualquer combate. Lutou o bom combate. Não desperdiçou seu tempo precioso com embates desnecessários. Não empreendeu esforço com lutas insignificantes. Meu caro leitor, lute por aquilo que vale a pena lutar. Há algumas lutas que não valem a pena. Por exemplo: os embates e discussões políticas. Não levam a lugar nenhum. São embates desnecessários. Evite-os.

Segundo aprendizado com Paulo: viva a extensão máxima de sua missão. Dizia o velho apóstolo: "completei a carreira...". Ele recebeu uma missão e se pôs a serviço dela. Gastou sua vida no cumprimento de sua missão. Olha para trás no final de sua existência e conclui que completou a carreira. Viveu a extensão máxima de sua missão. Um bom início é tão importante quanto um bom final. Cumpra sua missão. Não fuja das responsabilidades de sua vocação e talentos. Tenha a ousadia de dizer tal qual Jesus na cruz: "Está consumado". Complete sua carreira.

Terceiro aprendizado: disponha-se a viver a vida inteira com a fé com a qual você começou. Escreveu Paulo: "guardei a fé". Desde o momento fundante de sua fé até aquele momento final de sua existência, ele conclui que tinha guardado a fé. A perseverança é fator determinante em muitos aspectos da vida. A caminhada de fé de Paulo não foi um mar de rosas. Foi covardemente perseguido. Preso injustamente em várias ocasiões. Trazia em seu corpo as marcas da violência do império, mas em nenhum momento cogitou abandonar sua fé. Não vacilou. Mesmo debaixo de gigantescas provações permaneceu firme em sua fé iniciada no caminho de Damasco.

Aprendo com Paulo que continua ensinando através de seus escritos. Aprendi com ele que há algumas lutas que não valem a pena serem lutadas. Posso encontrar um caminho alternativo. Quero lutar somente o bom combate. Aquele que vale a pena.

Quero viver a extensão máxima da missão que recebi. Quero completar a carreira iniciada. Quero ir até o fim. Quero dispor o meu coração a viver a vida inteira com a mesma fé do início. Aprendamos com o velho apóstolo!

É isso. 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/