Terça, 28 Junho 2022

Domingo de Ramos

Pastor Ailton Gonçalvessemana santa

Domingo de Ramos

Por Ailton Gonçalvez Dias Filho

Amanhã, dia 10 de abril, nós cristãos, celebramos o Domingo de Ramos, marcando o início da semana chamada santa. O Domingo de Ramos marca a entrada do Senhor Jesus Cristo na cidade de Jerusalém para viver aquela que seria sua última semana antes de sua violenta morte. A entrada de Jesus em Jerusalém é momento tão importante que os quatro evangelistas registram com riqueza de detalhes. Era momento que fora profetizado anos antes pelos profetas. Sua montaria era um jumentinho, indicando o caráter diferenciado do montador. A multidão que o recebe estende pelo caminho suas vestes.

Outros, estendiam ra
mos, forrando o caminho daquele que era aclamado Rei. Das bocas jubilosas podiam ser ouvidos gritos de "Hosana", "Bendito é o Rei que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória nas maiores alturas". Jesus Cristo é Rei humilde que vem como portador de uma proposta de paz. Sua arma é seu amor e seu jeito de ser. Hoje, quando vejo cristãos defendendo o porte de armas, penso na incoerência dos mesmos diante do pacífico ReJesus. Nada mais contrário à sua proposta. A proposta de Jesus que entra em Jerusalém é desarmamentista. Reflitamos.

O evangelista Lucas registra antes o choro de Jesus ao avistar Jerusalém. Chorou porque contemplou uma cidade que desperdiçou sua oportunidade e que seria destruída; como foi, no ano 70. Ele chegou em Jerusalém, no templo, observa tudo e, como já era tarde, foi para Betânia, cidade vizinha.

No dia seguinte, expulsa do templo os exploradores da religião. Expulsa aqueles que abusavam da boa fé do povo. Creio que ele teria atitude semelhante com os pastores que hoje são acusados de atitudes não republicanas, intermediando liberação de verbas do MEC junto aos municípios. Mercadores de influência que não têm nada a ver com Jesus de Nazaré, embora recebam o título de pastores. Jesus certamente os expulsaria dos templos brasileiros.

Que este Domingo de Ramos nos faça refletir sobre nossa prática religiosa. Não podemos inverter valores.

Voltemos a Ramos. Vá à igreja amanhã. Celebre. Leve um ramo de palmeira. Cante hosanas! Celebre o Rei da paz! Celebre Jesus Cristo! "Bendito é o Rei que vem em nome do Senhor". Hosanas nas maiores alturas.

Lembremos que o Rei que entra em Jerusalém vem com o manto da humildade. Lembremos que ele vem com uma proposta de paz. A arma que Jesus usa não machuca ninguém.

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/