PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Blitz de rotina prende jovem que tentou matar companheira

Ao ser parado, demonstrou muito nervosismo, o que despertou a desconfiança dos soldados

Um estudante de 26 anos – acusado de tentar matar a própria companheira em Sumaré – foi detido nesta segunda-feira em uma blitz de rotina de policiais rodoviários. O rapaz foi abordado no km. 77,4, da Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), em Itupeva. Ele conduzia um Pálio. Ao ser parado, demonstrou muito nervosismo, o que despertou a desconfiança dos soldados.

PUBLICIDADE

Questionado, o rapaz acabou confessando o que o atormentava. Ele tentava fugir para São Paulo, e escapar da prisão pela tentativa de feminicídio. O crime foi no último dia 18, no bairro Jardim São Francisco, na Área Cura, de Sumaré. A vítima, de 22 anos, atingida com um tiro na barriga, foi socorrida na Unidade de Pronto Atendimento do bairro Parque das Nações e transferida para o Hospital Estadual de Sumaré, onde está internada.

Segundo a Polícia, não foi a primeira vez que o homem investigado agrediu a mesma mulher. Há um ano, em 18 de janeiro do ano passado, foi feito um registro de ocorrência contra ele, com acusação de violência doméstica. As investigações não prosseguiram porque a vítima não teria feito a representação contra o acusado no período de seis meses, conforme prevê a legislação brasileira.

PUBLICIDADE

Segundo a Polícia, se a mulher tivesse representado contra o acusado no caso anterior, ela já estaria sob medida protetiva e o homem não estaria autorizado a sequer chegar perto dela. Dessa vez, o acusado ficará à disposição da Justiça porque teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, a pedido da Delegacia de Defesa da Mulher.

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This