Sábado, 27 Novembro 2021

Homem mata ex-mulher e joga corpo na calçada em Sumaré

Homem mata ex-mulher e joga corpo na calçada em Sumaré

Cassia Aparecida da Silva Galdino, de 34 anos, foi encontrada com sinais de estrangulamento; justiça havia concedido à vítima medida protetiva há seis dias

Cassia Aparecida da Silva Galdino teria aceito se encontrar com o ex-marido, Marco Antônio Galdino, de 46 anos, para discutir uma possível volta do casal (Foto: Reprodução)
Uma controladora de acesso de 34 anos foi morta pelo ex-marido na madrugada deste sábado (20) no bairro Jardim Santo Antônio, em Sumaré. O autor abandonou o corpo dela em uma calçada e fugiu com o carro da vítima. O corpo foi encontrado com sinais de estrangulamento e marca de sangue.

Segundo o boletim de ocorrência, Cassia Aparecida da Silva Galdino teria aceito se encontrar com o ex-marido, identificado como Marco Antônio Galdino, de 46 anos, para discutir uma possível volta do casal.

Ela, porém, foi alertada pelo filho de 18 anos a não ir, mas o homem pegou a vítima na casa onde ela morava no Jardim Maria Antônia e ambos seguiram para um bar com karaokê no bairro Jardim São Domingos, por volta das 3h.

De acordo com o filho do casal, por volta das 5h, o pai ligou dizendo que havia matado a mãe do rapaz e abandonado o corpo próximo ao muro da empresa Honda. A Polícia Militar foi chamada por um morador que encontrou o corpo jogado em uma calçada, na Rua Zacarias Lima Vilela, por volta das 6h.

O local foi isolado. Agentes da Polícia Científica realizaram os trabalhos de perícia no corpo da vítima que tinha sinais de estrangulamento e uma marca de sangue na mão direita, possivelmente provocado por uma ação de defesa. Ela tinha uma medida protetiva concedida pelo juiz no dia 14 de novembro, seis dias antes do crime.

Em depoimento à polícia, o irmão de Marco Antônio disse que durante uma discussão no interior do carro, a vítima teria dado um soco no rosto do ex-marido, que então começou a agredir e estrangulou a mulher. O homem fugiu com o carro dela e está sendo procurado pela Polícia Civil.

O casal viveu junto por cerca de 20 anos e há 5 meses estava em processo de separação.

O caso foi registrado no Plantão Policial de Sumaré. O corpo dela foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Americana e as investigações estão em andamento. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 27 Novembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/