Quarta, 25 Mai 2022

Justiça decreta prisão preventiva de homem que espancou mulher em Hortolândia

Justiça decreta prisão preventiva de homem que espancou mulher em Hortolândia

Acusado agrediu mulher a tijoladas e ataques duraram cerca de cinco horas  

O acusado espancou a mulher por cerca de cinco horas sem cessar na madrugada de segunda-feira (2) (Foto: Arquivo Pessoal)

A Justiça decretou nesta terça-feira (3), a prisão preventiva do homem acusado de agredir a mulher de 45 anos a tijoladas em uma casa no Jardim Amanda, em Hortolândia. O acusado espancou a mulher por cerca de cinco horas sem cessar na madrugada de segunda-feira (2).

Ele havia sido preso horas depois do crime, em Valinhos, cidade onde trabalha. Agora, J.D.M.T., de 38 anos, deverá ficar preso até que vá para julgamento. O caso foi registrado como tentativa de feminicídio.

A mulher chegou a se fingir de morta e foi se arrastando para a residência de um vizinho até conseguir socorro.

Conforme a Polícia Civil, vizinhos chamaram policiais militares para a casa depois de ouvirem as agressões por volta de 2h. Os militares, porém, não conseguiram entrar no imóvel.

Ao amanhecer, a vítima, ferida nos olhos e com fratura no nariz, se passou por morta e se arrastando foi para a residência do vizinho, recebeu socorro e foi levada ao Pronto-socorro do bairro. Ela foi transferida para o Hospital Municipal Mário Covas.

O acusado, que já tem passagens por lesão corporal, foi preso em uma obra localizada no Jardim São Marcos, em Valinhos, na tentativa de despistar investigadores do caso.

Um amigo do suspeito que teria ajudado a "esconder" o acusado foi indiciado por favorecimento pessoal e responderá em liberdade. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 25 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/