PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Polícia recupera carga roubada em Limeira

Duas pessoas foram presas por receptação, associação criminosa e adulteração de sinal identificador de veículo

Em uma ação conjunta, a Polícia Civil e a  Polícia Militar conseguiram recuperar uma carga roubada avaliada em mais de um milhão de reais, e prender duas pessoas por receptação, associação criminosa e adulteração de sinal identificador de veículo. 

PUBLICIDADE

A PM (Polícia Militar) informou os policiais civis da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Limeira (SP), sobre uma carreta com motorista de conduta suspeita que estava no pátio do Posto Concha de Ouro, localizado no km-146 da Rodovia Anhanguera. 

Após diligências as equipes prenderam um homem de 39 anos, no momento em que ele tentava retirar a carreta do local. No interior do baú, foi encontrado um lote de insumo agrícola, avaliado em um milhão e duzentos mil reais, roubado no final de semana em Ituiutaba (MG). 

PUBLICIDADE

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Pinterest
As equipes prenderam um homem de 39 anos, no momento que que tentava sair do local

A carga saiu de Paulínia (SP), com destino à Cuiabá (MT), sendo tomada de assalto no meio do trajeto. Feito o levantamento do conjunto, constatou-se que o reboque é produto de roubo pelo município de Jundiaí (SP), no mês de junho deste ano. O cavalo Mercedes-Benz/AXOR, também foi roubado no município de Caçapava (SP), em março deste ano, entretanto, ambos estavam com placas dublês.  

PUBLICIDADE

Prosseguindo as diligências, através da Muralha Digital, foi identificado um segundo indivíduo, o qual foi detido em sua casa em Sumaré (SP), onde foram colhidas provas de sua presença na cidade de Ituiutaba (MG), no momento do crime, sendo o mesmo reconhecido pelas vítimas, como um dos ladrões.  

O suspeito saiu da cadeia há sete meses, onde cumpriu 14 anos de pena pelo crime de roubo de carga. A ocorrência teve início na manhã de ontem (12), e terminou por volta das 23h30. Todos foram conduzidos à Delegacia de Investigações Gerais (DIG), onde a ocorrência foi apresentada. 

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This