Domingo, 26 Junho 2022

Quadrilha é presa com cigarros contrabandeados em Hortolândia; carga vale R$ 1 milhão

Quadrilha é presa com cigarros contrabandeados em Hortolândia; carga vale R$ 1 milhão

Essa é considerada a maior apreensão do ano na cidade 

Foram apreendidos um cavalo mecânico Scania, uma carreta, um caminhão, seis celulares, R$23.038 e a carga de cigarros avaliada em aproximadamente R$ 1 milhão (Foto: Polícia Militar)

A Polícia Militar prendeu uma quadrilha na madrugada de segunda-feira (24), transportando uma carga de cigarros contrabandeados avaliada em R$ 1 milhão, no bairro Nova América, em Hortolândia. Esta é a maior apreensão do ano na cidade.

Uma equipe de policiais foi acionada para atender uma ocorrência de averiguação de transporte de carga, na Avenida Antônio da Costa Santos. Ao chegar ao local, os policiais visualizaram uma carreta com um condutor manobrando e outra pessoa o auxiliando a estacionar dentro de um terreno.

Os dois indivíduos foram abordados e informaram que estavam apenas guardando a carreta para ser descarregada.

Ao se aproximarem dos fundos de uma casa, os policiais encontraram outras duas pessoas pulando o muro.

Com o apoio de mais equipes da polícia, foi realizada uma busca e varredura para localizar os quatro indivíduos escondidos dentro da residência.

Na abordagem, foi encontrado com um deles a quantia aproximada de R$ 15 mil e com o outro, R$ 3,1 mil.

Questionados, eles informaram aos policiais que estavam no local para comprar uma carga de cigarros contrabandeada e carregá-la em outro caminhão para revenda.

O proprietário da residência informou que receberia dinheiro por emprestar o local e ajudar no manejo dos cigarros.

O motorista disse que não sabia que se tratava de uma carga de cigarros, e sim de mangueiras. Ele alegou que deixaria o caminhão estacionado e depois voltaria para retirar o veículo.

Ao vistoriar a carreta, os militares localizaram uma pequena quantia de mangueiras e ao retirá-las foram encontradas aproximadamente 900 caixas de cigarros.

Todos foram detidos e encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal de Campinas. O caso foi registrado como contrabando e associação criminosa.

Ao todo, foram apreendidos um cavalo mecânico Scania, uma carreta, um caminhão, seis celulares, R$23.038 e a carga de cigarros avaliada em aproximadamente R$ 1 milhão.

Os homens permaneceram presos à disposição da Justiça.

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/