Domingo, 05 Dezembro 2021

Recém nascido é encontrado morto na caçamba de lixo em Paulínia

Recém nascido é encontrado morto na caçamba de lixo em Paulínia

 Uma catadora de reciclagens, encontrou o bebê dentro de um saco de ração na caçamba de lixo, no final desta tarde no Jardim São José

O local foi isolado pela perícia (Foto: Divulgação)

 A localização de um bebê recém-nascido em uma caçamba de lixo chocou moradores do bairro Jardim São José no fim da tarde desta terça-feira (19), em Paulínia. A criança não resistiu ao frio e faleceu.

Segundo informações passadas por guardas municipais que atenderam a ocorrência, uma catadora de reciclagens estava vasculhando a caçamba de lixo que fica em uma praça na Rua Ana Maria Padovani, ao manusear um saco de ração notou que dentro havia um saco com uma mão de criança no interior, ao abrir a embalagem encontrou o bebê.

Em entrevista ao TODODIA, Orlaine Ramos estava com a filha de três anos para buscar reciclagens pediu socorro ao notar que era uma criança, "Eu estava com minha filha e quando notei que era uma criança comecei a gritar por socorro, uma vizinha e pessoas que estavam passando veio e me ajudou, ligaram para a guarda e para os bombeiros , foi desesperador." Relata.

Orlaine conta ainda que não acreditava no que via, "Gritei, gente tem uma criança jogada no lixo, já estamos em uma situação desesperadora e ainda eu e minha filha encontrar uma vida ali em meio ao frio ao lixo, é uma situação que vai ficar na minha cabeça pro resto da vida". Desabava emocionada.

A mulher ainda pede que haja justiça e que ela pague por isso e ainda faz um apelo á mães que estejam pensando em fazer algo do tipo, "Eu espero que ela se arrependa e peça perdão a Deus, e que seja encontrada e pague por sua consequência, pra mim não há justificativa para isso, e você que está grávida, não faça isso porque tanta mulher querendo ser mãe e quem tem essa chance faz uma coisa horrível destas, deixe a criança nascer, é uma vida não mate seu filho e nem aborte, por mais difícil que seja. Comenta.

Orlaine tem 39 anos mora com o marido e a filha de três anos, a família chegou recentemente de Minas Gerais para tentar a vida na cidade, eles sobrevivem das reciclagens que procuram e ao mesmo tempo tentam conseguir um emprego em qualquer área, para ela, vai ser difícil continuar vasculhando lixo devido ao trauma que passou hoje, "Eu vou parar de procurar reciclagem porque essa imagem vai ficar difícil tirar da cabeça, a todo momento fico com aquela imagem na cabeça e fico muito triste, não sei o que farei ainda mas tentar conseguir um emprego de qualquer coisa que for". Ressalta com lágrimas nos olhos.

Equipes da guarda municipal e da policia militar realizaram buscas atrás de câmeras que possam identificar quem teria deixado o bebê no local e que em que horário, vizinhos do local não teriam visto movimentação estranha, a criança do sexo masculino foi encaminhado para o hospital municipal da cidade, no entanto já estava em óbito, a suspeita que uma das causas da morte tenha sido a temperatura já que a criança não vestia roupas e não havia nenhuma proteção, o caso foi registrado no plantão policial e investiga pistas que levem a identificação da mãe e quem deixou o recém-nascido no local.
(Foto: Divulgação/ Corpo de bombeiros)
(Foto: Divulgação/ Corpo de bombeiros)
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 05 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/