Sábado, 28 Mai 2022

Casal de idosos é morto a facadas em Campinas

Casal de idosos é morto a facadas em Campinas

Um casal de idosos, de 85 e 82 anos, foi brutalmente assassinado a facadas e seus corpos foram encontrados ontem, na casa de fundos em que moravam, na

Um casal de idosos, de 85 e 82 anos, foi brutalmente assassinado a facadas e seus corpos foram encontrados ontem, na casa de fundos em que moravam, na Avenida da Saudade, a menos de um quilômetro da Câmara de Campinas, no Jardim Leonor. É possível que o crime tenha ocorrido entre a noite da última quarta-feira (19) e a manhã do feriado de Corpus Christi, dia 20. 

Os idosos não faziam contato com familiares fazia ao menos quatro dias e parentes teriam pedido auxílio à Polícia, que localizou os corpos em um quarto no andar superior da edícula em que o casal morava. 

Próximas das vítimas e no banheiro foram encontradas marcas que indicariam participação de pelo menos duas pessoas no crime. Havia sinais de que houve luta e o quarto estava completamente revirado. 

O caso foi registrado como roubo seguido de morte (latrocínio), mas policiais que trabalham nas investigações não descartam outras hipóteses para o crime. Os assassinos sequer teriam tentado invadir a casa da frente do terreno, que estaria vazia, pois passava por reformas. 

Há indícios que eles arrombaram a janela da edícula onde os idosos moravam e podem ter simulado outras tentativas de arrombamentos. A Polícia encontrou, em uma pia, quatro facas, que teriam sido lavadas e que possivelmente foram as armas utilizadas no crime. 

A Polícia Civil de Campinas trata o caso como prioritário e diz que o esclarecimento do crime é questão de honra. Estão mobilizadas nas investigações equipes da DIG (Delegacia de Investigações Gerais), do SHPP (Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa), e do 5º Distrito (Jardim Amazonas), que é o responsável pela área em que ocorreram os assassinatos. 

Embora haja o registro inicial de latrocínio, experientes policiais dizem ser prematura qualquer afirmação neste sentido. "Encontramos cenário montado para direcionar ao possível latrocínio, mas nossa experiência nos leva a investigar também outras hipóteses", disse um dos policiais empenhados no caso. 

Na escada de acesso ao quarto onde o casal foi morto, policiais encontraram vestígios de crack. 

Com objetivo de tentar agilizar na elucidação do crime, a Polícia Civil colocou o número do DIG- Denúncia para quem tiver informação que possa auxiliar no esclarecimento do caso: (19) 98904-46 29. 

AS VÍTIMAS 

O casal assassinado foi identificado como sendo os aposentados Ondina da Silva Felcar Mazzaro, 85 anos, e Nelson Mazarro, de 82. Os corpos deles foram velados e sepultados na tarde de ontem (24), no Cemitério da Saudade, que fica a poucos metros da casa onde ocorreram os assassinatos. 

Alguns fatores evidenciam ou pelo menos dão esse direcionamento de que os idosos foram mortos entre as últimas quarta e quinta-feira. Na garagem da casa havia jornais não recolhidos com datas entre 21 e 24 de junho. 

Também há uma testemunha que disse ter trabalhado na casa da frente, no mesmo quintal em que o casal morava, até a tarde da quarta-feira e que acertou que voltaria para trabalhar na manhã seguinte. Ele disse que voltou no outro dia, mas um pouco mais tarde, pois era feriado, chamou no portão e não foi atendido. Ele ainda ligou no celular do morador, não atendido e então teria ido embora, acreditando que algum parente tivesse ido buscar o casal ou alguma situação parecida. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 28 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/