Sábado, 16 Outubro 2021

Ladrões roubam joias de cadáver em Sumaré

Ladrões roubam joias de cadáver em Sumaré

O corpo de um homem de 71 anos foi desenterrado e encontrado na manhã de ontem para fora da cova no Cemitério Municipal da Saudade, em Sumaré. O idoso

O corpo de um homem de 71 anos foi desenterrado e encontrado na manhã de ontem para fora da cova no Cemitério Municipal da Saudade, em Sumaré. O idoso tinha sido sepultado na última sexta- -feira, usando uma corrente e um relógio - que não foram encontrados.

A descoberta foi feita por um funcionário ao chegar para trabalhar. De acordo com o relato feito no Plantão Policial, a cova foi revirada e o caixão estava aberto, com o corpo de A.T. abandonado ao lado da sepultura. Os acessórios não estavam no local. A Guarda Municipal foi acionada e esteve no cemitério para o registro da ocorrência.

O laudo da perícia técnica vai avaliar se foram cometidos outros crimes além do vilipêndio de cadáver. Informações obtidas pelo TODODIA revelam que A.T. gostava de usar correntes de ouro e relógios chamativos e que a família decidiu, então, sepultá-lo com os objetos. Os adereços podem ter atraído o autor ou os autores do crime, segundo a polícia. A corrente furtada, no entanto, não era e ouro.

Ninguém foi preso e, até o momento, não há suspeitos. O Cemitério Municipal da Saudade não possui câmeras de monitoramento e tem sido alvo de vandalismo, de acordo com a Polícia Civil. Em fevereiro deste ano, vereadores denunciaram “arrastão” em túmulos do cemitério. Segundo a polícia, a maioria dos crimes registrados no local foram furtos de objetos e peças de bronze. A Prefeitura garante que os guardas municipais fazem patrulhamento constante do local.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 17 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/