Domingo, 26 Junho 2022

Pai e filha saem ilesos após casa desabar em Sumaré

Pai e filha saem ilesos após casa desabar em Sumaré

Um sobrado, ocupado por duas pessoas, entre as quais uma criança de aproximadamente nove anos, desabou, no final da noite do sábado (6/4), na rua Fran

Um sobrado, ocupado por duas pessoas, entre as quais uma criança de aproximadamente nove anos, desabou, no final da noite do sábado (6/4), na rua Francisco Zagui, no Jardim Bordon, em Sumaré. Chovia muito na hora em que ocorreu o desabamento, mas as causas do acidente serão investigadas, já que as primeiras informações, segundo o proprietário, são que o imóvel era novo e com a construção reforçada.

O dono da casa, que estava no local na hora do acidente, diz ter ouvido um estalo e imediatamente correu para um cômodo anexo, onde estava sua filha. Protegidos no anexo, pai e filha conseguiram escapar sem ferimentos. Equipes de bombeiros de três cidades (Americana, Sumaré e Piracicaba) estiveram no local. A primeira equipe a chegar foi a do 1º PB (Pelotão de Bombeiros) do 3º SGB (Sub Grupamento de Bombeiros), que é sediada em Americana e atende ainda os municípios de Sumaré e Nova Odessa.

Com uma viatura AB (Auto Bomba), utilizada para situação de incêndio, os bombeiros deixaram a base em código 3, utilizado para situação urgente, e fizeram, em poucos minutos, o trajeto de cerca de 15 quilômetros entre a base de Americana e o local do desabamento, em Sumaré.

Ao chegarem ao local, os bombeiros constataram que as duas pessoas que ocupava a casa que ruiu estavam bem e foram informados que o imóvel, normalmente, era ocupado por cinco pessoas, mas três delas escaparam de ser vítimas, pois tinham saído fazia algumas horas e estavam na Festa do Peão, que ocorria no município.

Ao local compareceram ainda uma equipe do Corpo de Bombeiros Municipal de Sumaré e, face a uma possível gravidade da situação, também foi acionada a viatura AC (Auto Comando) do 16º GB (Grupamento de Bombeiros) de Piracicaba, ao qual o Pelotão de Bombeiros de Americana é subordinado.

Como não houve vítima, a informação, no domingo (7/4), é que caberá ao do dono do imóvel comparecer na CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Sumaré para dar mais informações sobre o caso para que sejam tomadas providências relacionadas a descobrir possíveis causas do desabamento.

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/